Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Homem é morto a facadas durante discussão sobre religião na Zona Leste de Manaus

A vítima bebia com o suspeito num bar da invasão do Grande Vitória quando começou a confusão. Irmão da vítima foi assassinado há cerca de um mês atrás com sete tiros no bairro Tancredo Neves, também na zona Leste da capital

Na delegacia, a ex-esposa disse em depoimento que chegou a morar por um ano e seis meses com o gari e sofria frequentemente violências físicas

O caso foi registrado no 14º DIP. (Arquivo A Crítica)

Cosme Fernandes de Sena, 34 anos, foi morto com duas facadas, no início da tarde de sábado (10), na rua Juruá, região da invasão do Grande Vitória, bairro Gilberto Mestrinho, na Zona Leste da capital. A vítima, que morava na rua Domingos Enéas de Frota, no mesmo bairro, foi surpreendida por dois homens com quem bebia num bar e foi esfaqueado duas vezes, vindo a falecer no local.

Cosme estava na companhia de Laércio Rogério Caldeira, 37, e Bruno Silva Amorim, quando, segundo testemunhas, começaram a discutir sobre religião. Os ânimos se exaltaram e Laércio deu um soco na vítima, depois aplicou-lhe uma “gravata”. Bruno, então, armou-se de uma faca e desferiu-lhe um golpe no peito. Cosme ainda tentou fugir, mas foi alcançado por Bruno, e recebeu outra facada nas costas.

Testemunhas ligaram para o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) que chegou a remover o homem para o Hospital Pronto-Socorro João Lúcio, na Zona Leste de Manaus, mas o mesmo não resistiu aos ferimentos e já chegou morto ao local.

Policiais da 4ª Companhia Interativa Comunitária foram acionados e prenderam os acusados do crime. O caso foi registrado no 14º Distrito Integrado de Polícia (DIP).

Irmão da vítima foi assassinato a tiros a menos de um mês

Cosme Fernandes de Sena é irmão de Agrício Fernandes de Sena, ex-presidiário, assassinado com sete tiros, no dia 23 de abril deste ano, no bairro Tancredo Neves, Zona Leste de Manaus. Na época Agrício cumpria pena em regime aberto, na Casa do Albergado, pelos crimes de tráfico de drogas e assassinato.

A justiça havia liberado Agrício pelo assassinato, em 2008, de Francisco Gomes da Silva. O irmão de Cosme voltava pra casa dele quando foi surpreendido por dois homens em uma motocicleta que disparam sete tiros de pistola PT 380. De acordo com a polícia, a vítima teria sido assassinada por causa de um “acerto de contas”, já que havia sofrendo ameaças de morte de um detento não identificado do Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj), localizado no Km 8 da BR-174.