Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Homem é preso ao estuprar criança no interior e polícia investiga casos em Manaus

Crime ocorreu na última segunda-feira (26), em São Gabriel da Cachoeira. Homem violentou menina de 8 anos e modus operandi indica outros crimes

Homem foi preso na última segunda-feira (26) após estuprar criança de 8 anos em São Gabriel da Cachoeira

Homem foi preso na última segunda-feira (26) após estuprar criança de 8 anos em São Gabriel da Cachoeira (Divulgação)

A delegada titular da Delegacia Especializada da Mulher, Idoso, Proteção da Criança e do Adolescente e Apuração de Atos Infracionais de São Gabriel da Cachoeira, Meyre Anne, entrou com encaminhamento no Instituto de Criminalística (IC), nesta quinta (29), com o objetivo de conseguir uma das últimas provas para um estupro brutal cometido contra uma menina de 8 anos na última segunda (26). O principal suspeito, Fernando William dos Santos, 25, é natural de Manaus e nega o crime. A polícia acredita que ele possa ter abusado de outras crianças na capital.

O caso ocorreu em São Gabriel da Cachoeira (distante 852 quilômetros de Manaus) e chocou moradores da região. Por volta das 7h30 do dia do crime, a criança teria ido até a casa da avó pegar um dicionário para auxiliar no dever da escola. No caminho, segundo a delegada, o suspeito atraiu a criança mostrando características de um estuprador em série. “Ele mostrou a ela um pingente de ouro usado por ele. Geralmente criminosos que agem dessa forma, mostrando um brinquedo ou objeto que chame a atenção não cometeram só um crime”, afirmou a delegada titular.

Sufocando a menina, o suspeito arrastou a criança para uma serralheria deserta nas proximidades e consumou o ato obsceno. A criança foi brutalmente penetrada no ânus, sendo necessária após o crime uma cirurgia de reconstrução urgente. “Ela ainda teve forças para conseguir correr. Os pais contam que ela chegou em casa, contou tudo e em seguida desmaiou”, contou Meyre Anne. A criança vem recebendo auxílio psicológico e atendimento de uma assistente social em São Gabriel.

A menina retomou a consciência e junto com os pais, percorreu o caminho feito em busca do homem. Fernando estava acompanhado de amigos quando a criança o apontou como o autor do crime cometido contra ela. Os pais acionaram a polícia. “Em razão do reconhecimento imediato, pudemos localizar o homem a autuá-lo em flagrante por estupro de vulnerável”, disse a delegada. Roupas sujas de sangue foram encontradas na casa de Fernando, porém o homem nega envolvimento no crime.

Amostras sanguíneas do suspeito e daquelas encontradas nas roupas foram apresentadas no Instituto de Criminalística, além de exames de conjunção carnal que comprovam o ato libidinoso. O resultado deve ser entregue em até 30 dias, conforme a delegada. Se o exame de DNA constatar o crime, o mesmo será anexado no inquérito, que deve ser finalizado na próxima quarta-feira (4). Enquanto isso, Fernando continuará preso na Delegacia de São Gabriel da Cachoeira. A delegacia ainda analisa a possibilidade de o suspeito ser transferido para Manaus após a conclusão do inquérito.

‘Agiu como um estuprador em série’

Conforme relatos da delegada, Fernando é natural de Manaus e vive há pouco tempo em São Gabriel. Pelo modus operandi usado no crime da última segunda-feira (26), a delegada acredita que o suspeito possa ter abusado de outras crianças já em Manaus. “Ele chamou a atenção da menina com um objeto e a levou pra um local deserto. Isso configura a ação de um estuprador que age com freqüência”, disse.

Em Manaus, Meyre Anne disse ao ACRÍTICA.COM que deve continuar as investigações para identificar outros possíveis crimes cometidos pelo suspeito. Ao divulgar a foto, a delegada pede que vítimas entrem em contato com a Delegacia Especializada em Proteção à Criança e ao Adolescente (Depca) e denunciem caso tenha sofrido qualquer tipo de abuso. O número para contato é 3656-8575 e 3656-7445.