Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Homem é perseguido e detido por vítimas de extorsão na Zona Leste de Manaus

O suspeito sumiu com uma quantia de R$ 4.500 das vítimas, dada como entrada na compra de um veículo que nunca apareceu

Júlio Freitas foi detido após ser perseguido por vítimas de extorsão

Júlio Freitas foi detido após ser perseguido por vítimas de extorsão (Bruno Kelly)

Júlio Octavio Jimenez Freitas, 38 anos, foi detido na noite desta sexta-feira (17) por policiais militares da 11ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom) após ser perseguido por vítimas de suposta extorsão até as proximidades do Hospital Pronto Socorro Dr. João Lúcio, Zona Leste.

Segundo uma das vítimas que esteve no 9º Distrito Integrado de Polícia (DIP) registrando o caso e não quis se identificar, o suspeito Júlio dizia que trabalhava com venda de veículos e que poderia tirar um carro para a família. Na ocasião, ele cobrou como entrada um valor de R$ 4.500.

A vítima relatou que o negócio começou há um mês e que todas as semanas cobravam a entrega do veículo e começaram a desconfiar. Na tarde de quinta-feira (16), Júlio teria ligado para dizer que o veículo seria entregue.

Como o prometido não aconteceu, as vítimas foram até a casa de Júlio, na rua Omar Aziz, bairro Alfredo Nascimento, Zona Norte de Manaus, e não o encontraram, quando decidiram segui-lo até uma garagem de lavagem de ônibus, no bairro Novo Reino, Zona Leste, onde Júlio trabalha como vigia. Lá, o esperaram até às 17h.

Ao sair do trabalho, Júlio se deparou com as vítimas, entrou em seu carro e decidiu fugir. As vítimas seguiram em perseguição. No caminho segundo a polícia, o homem atingiu vários carros e motocicletas. Até chegar a frente ao Hospital João Lúcio, onde foi interceptado.

Após toda confusão, o suspeito foi levado à delegacia onde prestou esclarecimentos e foi autuado por lesão corporal no trânsito e vai responder em liberdade pelo crime de extorsão.

Segundo informações da polícia, Júlio já responde a outros quatro inquéritos pelo mesmo crime.