Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

IML registra seis homicídios em menos de 12 horas em Manaus

A polícia ainda não tem suspeitos de nenhum dos crimes contra a vida cometidos nesta noite na capital amazonense

Corpo de adolescente foi encaminhado ao IML

Os corpos das vítimas foram encaminhados ao IML (Erica Melo/AC)

Em menos de 12 horas, seis casos de homicídos foram registrados pela polícia em Manaus entre a noite desta quarta (16) e manhã desta quinta-feira (17). A polícia ainda não tem suspeitos de nenhum dos crimes contra a vida cometidos nesta noite na capital amazonense.

Por volta das 18h40, o sargento da Polícia Militar Marcondes Eudes Souza Torres, de 44 anos, foi morto quando chegava a sua residência, localizada na travessa 2 do conjunto Álvaro Neves, bairro Alvorada, na Zona Oeste de Manaus.

Cerca de 20 minutos depois, Marcos Paulo Torres dos Santos, 35, foi morto em um campo de futebol localizado na avenida Nepal, bairro Nova Cidade, Zona Norte. Ele estava atrás da trave do campo quando um carro chegou ao local e dele desceram dois suspeitos.

De acordo com a polícia, um deles, então, sacou uma arma e efetuou disparos contra Marcos. Um atingiu sua cabeça e outros dois, suas costas. Ele ainda chegou a ser encaminhado ao Serviço de Pronto Atendimento Enfermeira Eliameme Rodrigues Mady, localizado no conjunto Galileia, mas não resistiu aos ferimentos.

Ainda na parte da noite, o empresário Jailson Teixeira Marciel, 45, foi morto em sua própria casa, na alameda Rússia do condomínio Jardim Europa, localizado na estrada da Ponta Negra, Zona Oeste.

Já por volta de 22h30, Eduardo Lima Sales, 26, foi morto enquanto trafegava pela avenida Acaricó, também no bairro Nova Cidade. Ele conduzia um Celta quando foi abordado por dois suspeitos que dispararam contra ele. Ele foi atingido na testa e morreu no local. 

Aproximadamente meia hora depois, o mototaxista William Venâncio da Silva Godói, 22, foi morto com pelo menos sete tiros, na rua das Palmeiras, bairro Zumbi 3, Zona Leste.

Por fim, pouco antes das 6h da manhã desta quinta-feira (17), Francisco das Chagas da Costa Filho, 32, foi morto na rua Francisco de Assis, localizada na invasão do Carlinhos da Carbrás, bairro Tarumã, Zona Oeste.

Segundo a polícia, ele respondia por homicídio e foi perseguido antes de morrer. Na ocasião, ele foi atingido por dez tiros e morreu na hora. Todos os casos serão investigados pela Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (Dehs).