Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Igarapé poluído fica vermelho e ameaça espécies na Zona Centro-Oeste de Manaus

Substância não identificada oferece riscos aos animais que vivem no local, alertou pesquisador. Na última sexta (23), trecho do Igarapé dos Franceses apresentou tons de amarelo

Igarapé 'vermelho' surpreendeu moradores que passavam pelo local na manhã desta segunda-feira (26)

Igarapé 'vermelho' surpreendeu moradores que passavam pelo local na manhã desta segunda-feira (26) (Euzivaldo Queiroz)

A cor avermelhada do ‘Igarapé do Jacaré’, localizado no bairro Dom Pedro, Zona Centro-Oeste de Manaus, vem intrigando moradores das proximidades e até mesmo órgãos de proteção ambiental. Na manhã desta segunda-feira (26), o rio amanheceu com a coloração alterada e ainda não há respostas para a mudança. O Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas (Ipaam) informou que fiscais foram encaminhados ao local para averiguar o caso.

O igarapé fica situado no bairro Dom Pedro, Zona Centro-Oeste, atrás do condomínio Jardim Encontro das Águas. O afluente possui 13 quilômetros de extensão e é conhecido por abrigar diversas espécies de animais, especialmente jacarés. No dia 23 (sexta-feira) deste mês, um trecho do Igarapé dos Franceses ficou com tons de amarelo. O Ipaam ainda não possui informações da mudança da coloração.

Animais atravessam área contaminada no Igarapé do Jacaré (Foto: Euzivaldo Queiroz)

Segundo o pesquisador em recursos hídricos do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa), Sérgio Bringel, a coloração no Igarapé do Jacaré pode prejudicar a fauna existente. “Há várias possibilidades que podem ser levantadas como o despejo de tinta à base d’água, corante ou outros produtos. Entretanto, é certo que essa mudança acarreta na diminuição de oxigênio na água e consequentemente na morte de animais como peixes e anfíbios”, alertou.

De acordo com o Ipaam, após denúncias de moradores do condomínio, três fiscais do órgão foram ao local para apurar o que causou o ‘tingimento’ avermelhado. O órgão também informou que a inspeção deve se estender pela noite e que somente nesta terça (27) poderão fornecer uma explicação sobre o ocorrido.

Igarapé ‘laranja’

Moradores do conjunto Duque de Caxias, bairro Flores, Zona Centro-Oeste, ficaram assustados com a coloração amarelada e o forte odor de produto químico que o Igarapé dos Franceses apresentou na última sexta (23).

O Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas (IPAAM) informou nesta segunda (26), por meio de sua assessoria de comunicação, que está monitorando a área desde o dia 8 de maio, data em que recebeu a denúncia sobre a coloração alterada do Igarapé dos Franceses. Entretanto, apesar das inúmeras vistorias no local, ainda não foi possível identificar a fonte poluidora do lugar.

Moradores se assustaram quando se depararam com a cor laranja e o odor (Foto: Clóvis Miranda)

O instituto também informou que se trata de uma substância que não está sendo arrastada pela chuva. Ainda conforme a nota da assessoria, várias possibilidades estão sendo avaliadas, como a perfuração de algum poço nas proximidades, descarte de limpa fossa e lançamento de produtos químicos de empresas próximas ou mesmo algo trazido de outros locais da cidade.