Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Iluminação pública na Av. Max Teixeira fica acesa durante o dia e desligada à noite

Mistura de desperdício de dinheiro público e descaso com os moradores leva muitos pedestres que utilizam a via a ficarem apreensivos quando escurece

Ao menos 28 pontos de iluminação pública estavam acesos, ontem, durante o dia, na avenida Max Teixeira, Zona Norte

Ao menos 28 pontos de iluminação pública estavam acesos, ontem, durante o dia, na avenida Max Teixeira, Zona Norte (Erica Melo)

Vinte e oito lâmpadas de postes de iluminação pública da avenida Max Teixeira, Cidade Nova, Zona Norte, no trecho entre o terminal de ônibus 3 e o frigorífico Vitelo, ficam acesas durante todo o dia, num flagrante desperdício de energia elétrica. Enquanto que no horário que deveriam estar iluminando a via pública, ficam apagadas.

“Essa área aqui (próximo à Casa do Eletricista) fica muito escuro à noite porque nem todos os postes ficam acesos”, contou a empresária Elizabeth Macena. Na tarde desta sexta (15), A CRÍTICA percorreu toda a extensão da avenida e constatou 18 lâmpadas acesas às 14h50, no trecho entre o T3 e uma loja de tintas – JB Tintas.

Mais adiante, a partir da entrada do conjunto Manoa, outras dez lâmpadas estavam acesas às 15h05, sem qualquer necessidade. Esse trecho vai até o frigorífico Vitello. Ao mesmo tempo em que estavam acesas, havia outras apagadas, como deveria estar acontecendo normalmente.

“Talvez, o sistema utilizado esteja com defeito, mas isso deveria ser corrigido”, comentou o estoquista Jhonata Medeiros. Para ele, não é justo ocorrer um desperdício de energia como esse, quando existem diversos bairros de Manaus que são penalizados com interrupções no fornecimento de energia. “Na rua São Benedito, na Colônia Santo Antônio, a falta de luz é constante e vai embora sempre à noite, às vezes voltando somente de madrugada”, disse.

A assessoria de imprensa da Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminf), responsável pela iluminação pública da cidade, informou que o órgão vai encaminhar uma equipe técnica até o local para verificar a situação e fazer os reparos necessários. Ainda segundo a assessoria, a manutenção - que inclui serviços como a substituição de lâmpadas, relés fotoelétricos e reatores queimados -, está sob a responsabilidade da empresa ManausLuz.

“A Seminf destaca que o serviço deve ocorrer no prazo de até 72 horas após solicitado. A demanda deve ser encaminhada para o 0800 201 0001, call center da empresa, o que gerará um protocolo de atendimento ao solicitante do serviço. A fiscalização da manutenção é de responsabilidade da Seminf”, informa.