Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Jacaré é encontrado próximo a pronto socorro em Manaus

Animal assustou transeuntes até ser resgatado pelo Batalhão de Polícia Ambiental. Ele estava muito debilitado e não sobreviveu o trajeto até o Refúgio da Vida Silvestre Sauim-Castanheiras

Jacaré foi encontrado nas proximidades do HPS João Lúcio

Jacaré foi encontrado nas proximidades do HPS João Lúcio (Tarcisio Prime)

Os animais que aparecem inesperadamente dentro do perímetro urbano de Manaus podem tornar um dia qualquer em algo digno de safári. Na tarde de hoje, um jacaré de 1,20 metros foi encontrado na rua Paraguaçu, bairro Coroado, Zona Leste de Manaus, nas proximidades do Hospital Pronto Socorro Dr. João Lúcio Pereira Machado.

No início da tarde, populares se surpreenderam o jacaré que, apesar de quase imóvel, estava vivo. "Mexemos com ele e ele se moveu. Está muito próximo da rua. É uma rua movimentada de carros, pedestres são poucos", disse o estudante Renan Nunes da Silva, 27, que estava no local.

Acionados por volta das 14h30, agentes do Instituto de Proteção Ambiental do Estado do Amazonas (Ipaam) foram ao local e encontraram o animal muito debilitado. Segundo o órgão, ele tinha características da espécie jacaré coroa, como cor escura e barriga larga e aparentava ser juvenil. Os agentes notaram que ele estava muito estressado e com os dedos da pata direita quebrados.

Apesar de não apresentar maiores sinais de maus-tratos, o jacaré foi arrastado pelo rabo por populares quando os agentes do Ipaam chegaram, no intuito de deixar o animal no asfalto, à vista de todos.

Ainda segundo o instituto, o animal chegou a ser encaminhado ao Refúgio da Vida Silvestre Sauim-Castanheiras por volta das 16h, mas não chegou vivo ao local.

Preguiça resgatada


Também na tarde de hoje, uma preguiça foi encontrada após ferir-se com fios de alta tensão nas proximidades da Marina do Davi, bairro Ponta Negra, Zona Oeste de Manaus.

 Segundo o Batalhão de Polícia Ambiental, que realizou o resgate do bicho, ela permaneceu no flutuante da D. Sonia, Rio Negro, onde caiu, até a chegada dos policiais.

O resgate foi realizado na lancha "Mura" da base fluvial do batalhão, que não fica muito distante do local. Os policiais notaram que as mãos do animal estavam um pouco queimadas, fruto do contato com a eletricidade, mas que não apresentavam maiores ferimentos.

Eles conduziram a preguiça ao Refúgio da Vida Silvestre Sauim-Castanheiras, onde foi entregue aos cuidados do veterinário Laérzio Chiezorin.


*colaborou Vinícius Leal