Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Jovem escondia drogas e coletes balísticos na casa mãe e acaba preso pela polícia, em Manaus

Elielson, que foi preso na comunidade Nova Floresta, já responde processo judicial por homicídio e porte ilegal de arma de fogo

Coletes de balas seriam usados, supostamente, em assaltos

Coletes de balas seriam usados, supostamente, em assaltos (Divulgação/ Polícia Civil)

Dois coletes à prova de balas e várias porções de maconha foram encontrados em uma casa na rua Mirra, no conjunto Nova Floresta, bairro Jorge Teixeira, na Zona Leste de Manaus. O dono do equipamento era Elielson Silva dos Santos, 20, que usava a casa da mãe para esconder o material. A polícia ainda flagrou Elielson vendendo maconha no conjunto Nova Floresta, na segunda-feira (27), por volta das 18h.

Elielson foi capturado na avenida Topázio, no Nova Floresta, bairro Jorge Teixeira, na Zona Leste. Policiais da 14ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom) receberam denúncias de moradores e, durante patrulhamento, flagraram o rapaz com uma mochila com pequenas porções de droga, porém, ele confessou onde o resto do material estava guardado.

Na casa dele, na esquina das ruas Fazendinha e Paturí, no conjunto Canaranas, bairro Cidade Nova, na Zona Norte, foi encontrado o resto das drogas, totalizando 75 trouxinhas de maconha, um caderno com números e nomes de pessoas relacionados à venda de entorpecentes, uma TV de 32 polegadas, um aparelho de DVD e ainda material para embalo de droga.

Elielson foi quem destrancou a porta e convidou os PMs a entrarem na residência. Os dois coletes foram achados na casa da mãe dele, no Nova Floresta.

Ele foi levado ao 14º Distrito Integrado de Polícia (DIP) e autuado por tráfico de drogas. Já respondendo na Justiça a processos sobre homicídio e porte ilegal de arma de fogo, Elielson agora será encaminhado à Cadeia Pública Raimundo Vidal Pessoa.