Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Adolescentes armados invadem drogaria e roubam preservativos

Os suspeitos disseram que roubaram as camisinhas porque estavam preocupados em não contrair doenças sexualmente transmissíveis no período de Carnaval

Os jovens levaram o dinheiro do caixa, dois celulares e antes de deixarem o local, retiraram preservativos que estavam em um demonstrador

Os jovens levaram o dinheiro do caixa, dois celulares e antes de deixarem o local, retiraram preservativos que estavam em um demonstrador (Reprodução)

Saulo Júnior Lira da Costa, 19, acabou preso na noite da última quarta-feira após roubar diversos preservativos, alguns celulares e a quantia aproximada de R$ 250 de uma farmácia na comunidade Parque Riachuelo, bairro Tarumã, na Zona Oeste da cidade. Ele assaltou o estabelecimento na companhia de um comparsa, que conseguiu fugir e está sendo procurado pela polícia.

A dupla entrou na drogaria como cliente por volta das 20h30, e logo depois um deles retirou um revólver calibre 22 das calças e anunciou o assalto ao atendente Isaías Maciel, 38, que estava sozinho no local. “Eles disseram ‘pode passar tudo que tem aí’. Aí pegaram o meu tio e trancaram-no no banheiro”, disse outro atendente, Jheik Williams, 23.

“Eu não estava aqui. Aí meu tio ficou trancado enquanto eles fizeram ‘a limpa’. Demoraram uns cinco minutos”, conta Jheik. Segundo ele, Saulo e o comparsa fugiram a pé. “Antes, eles assaltaram um ônibus da linha Açaí ali na Torquato (Tapajós). Aí eles desceram atrás da Bemol e vieram assaltando”.

Policiais da 20ª Companhia Interativa Comunitária foram acionados. Eles disseram que nenhuma vítima do assalto ao ônibus 038, da empresa Açaí, registrou a ocorrência do crime. Os PMs conseguiram prender Saulo ainda em fuga nas proximidades. Com ele foram recuperados R$ 29, três pacotes de preservativo e a arma de fogo com cinco munições intactas.

A drogaria, que já existe há oito anos, foi assaltada outra vez em 2013 e outras quatro vezes em anos anteriores. “A polícia demorou. Quando a gente precisa, demoram. Tem que ser mais presente. Nós aqui, o mercadinho e outro supermercado já fomos assaltados. O dono até se mudou por isso”, disse uma funcionária de 25 anos que não quis se identificar.

Saulo foi encaminhado ao 19º Distrito Integrado de Polícia, onde foi reconhecido pelas vítimas e autuado em flagrante por roubo. Ele foi encaminhado à Cadeia Pública Raimundo Vidal Pessoa, onde ficará à disposição da Justiça. O outro suspeito do crime está sendo procurado.