Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Arthur Neto recebe o grau máximo de jiu-jítsu no Bitteti Combat 19

O Bitteti Combat recebeu o apoio da Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal de Juventude, Esporte e Lazer (Semjel)

Ao receber a homenagem, o prefeito emocionou-se e lembrou-se do mestre Carlson Gracie

Ao receber a homenagem, o prefeito emocionou-se e lembrou-se do mestre Carlson Gracie (Secom/Mário Oliveira)

O prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto, recebeu o grau máximo de jiu-jítsu, a faixa vermelha, pela federação da modalidade no Rio de Janeiro. A graduação foi durante o Bitteti Combat 19, realizado na noite desta quinta-feira (06), no ginásio do Tropical Hotel, na Ponta Negra, zona Oeste da capital amazonense. O irmão do prefeito, o advogado Ricardo Arthur, também praticante do esporte, recebeu o quinto grau na faixa-preta.

Ao receber a homenagem, o prefeito emocionou-se e lembrou-se do mestre Carlson Gracie. “Esta faixa simboliza o tempo que um atleta tem no esporte e estou muito feliz hoje, porque, além de tudo, estamos homenageando o grande mestre Carlson Gracie, que faleceu há oito anos. Ele foi professor de todo esse pessoal que está aqui hoje, companheiro do mestre João Alberto. Ao vê-lo aqui, tenho uma saudade enorme do Carlson”, disse o prefeito.

Pela primeira vez na cidade, o Bitteti Combat recebeu o apoio da Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal de Juventude, Esporte e Lazer (Semjel), reunindo cerca de duas mil pessoas. Ao todo, 28 atletas de alto nível, subiram no octógono para disputar um dos maiores eventos de MMA da América Latina.

Para o organizador do evento, Amaury Bitteti, a noite foi um sucesso devido à qualidade dos lutadores do Amazonas e ao grande comparecimento do público. Ele já tem planos de trazer o Bitteti novamente este ano para Manaus. “É um orgulho o prefeito ter me convidado. Aqui, há um polo de lutadores que podemos exportar para o mundo todo. Estamos vendo lutas bem casadas com nocautes e finalizações. A casa está lotada e, com certeza, poderemos voltar no fim do ano com força total, lotando, quem sabe, a Arena Amadeu Teixeira com 11 mil pessoas”, disse o organizador.

UFC

O prefeito ressaltou, ainda, esperar que o Bitteti seja apenas o início de uma série de eventos esportivos de MMA em Manaus. Ele falou de sua vontade de trazer o UFC (Ultimate Fighting Championship). “Isso aqui é um esporte como outro qualquer, mas é um business também. E é isso o que eu quero. Quero divulgar ao máximo os nossos lutadores e trazer brevemente, se Deus quiser, para Manaus o UFC, porque nós queremos ver o Ronaldo Jacaré, o Adriano Martins, o nosso querido José Aldo e o Diego Brandão lutando aqui com o público apoiando”, disse.

 
Trajetória

Arthur que iniciou sua trajetória no esporte no fim da década de 60, no Rio de Janeiro, treinou com os melhores mestres da época, incluindo Carlson Gracie. Em Manaus, nunca deixou de dedicar-se à arte marcial, chegando a conquistar a faixa coral (preta e vermelha). Na capital do Amazonas, ele treinou com outros grandes mestres, incluindo João Alberto Barreto e Oswaldo Alves, de quem recebeu o grau máximo ontem. O ponto alto da trajetória de Arthur Neto no esporte foi quando finalizou um adversário que pesava 30kg a mais que ele, Nilsão, durante um torneio universitário em 1972.