Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Buffet e flores somam R$ 1,6 milhão na ALEAM

Direção da Assembleia Legislativa publicou contrato de serviços de café da manhã, almoço e fornecimento de arranjos florais

O presidente da ALE, deputado Josué Neto, assinou um contrato de registros de preços no valor de R$ 1,5 milhão com a empresa J.B.V. Serviços de Buffet

O presidente da ALE, deputado Josué Neto, assinou um contrato de registros de preços no valor de R$ 1,5 milhão com a empresa J.B.V. Serviços de Buffet (Divulgação/ALEAM)

Por conta da briga pela reeleição, a assiduidade dos deputados estaduais na Assembleia Legislativa do Amazonas (ALE-AM) pode ficar comprometida  2014. Mas os gastos da Casa com bufês e flores para bem receber os convidados dos parlamentares em sessões especiais e homenagens já foram garantidos previamente. A direção da Casa Legislativa  reservou em seu orçamento R$ 1,6 milhão para arranjos florais, cafés da manhã, lanches e almoços.

A maior despesa é com serviço de bufês. Para o próximo ano, há previsão de que a ALE-AM gaste R$ 1,5 milhão em ocasiões como cafés da manhã, coffee breaks, coquetéis, jantares e almoços. “A casa tem vários eventos e solenidades”, justificou o diretor-geral do Legislativo amazonense, Wander Motta.

Para que os espaços onde os deputados sentarão à mesa com seus convidados estejam apresentáveis, a ALE-AM reservou R$ 150,3 mil para compra de arranjos de flores de diferentes modelos e tamanhos. As atas de registro de preços para as compras de flores e dos serviços de bufê foram publicadas no Diário Eletrônico da ALE-AM do dia 17.

Em eventos de café da manhã, a ALE-AM estima que irá alimentar 600 pessoas em 2014. Essa foi a quantidade de unidades colocadas na licitação homologada este mês. Para cada unidade, a casa aceitou pagar R$ 41,08.

Com coffee break, a ALE-AM garante orçamento para a compra de 4.800 unidades. Cada uma ao preço de R$ 28,43. Em coquetéis, a casa contrata dois tipos, cada um para 10 mil pessoas. Um com unidade a R$ 44,06 e outro de R$ 55,10.

O coquetel de frios é o que tem o menor valor entre os demais contratados pela ALE-AM para 2014. Serão 3 mil unidades ao preço de R$ 21,68. A despesa mais salgada para os cofres da Legislativo Estadual será com os jantares e almoços.

Por 1,5 mil jantares e almoços, com serviço americano, a ALE-AM vai pagar R$ 176,6 mil. Alimentar um convidado ou convidada em cada refeição dessas vai custar R$ 117,75. Com jantar e almoço, com serviço à inglesa e à francesa, a Assembleia vai gastar R$ 113,4 mil. Serão 600 refeições, no valor unitário de R$ 189,06.

A empresa que vai receber da ALE-AM em 2014 R$ 1,5 milhão com serviço de bufê é a J. B. V. Serviços de Buffet Ltda. No dia 10 de dezembro a ata de registro de preços da licitação foi homologada e assinada pelo presidente da ALE-AM, deputado Josué Neto (PSD), e pelo diretora-geral Wander Motta.

Localizada no bairro Nossa Senhora das Graças, a J. B. V. Serviços de Buffet recebeu da ALE-AM, em 2012, R$ 359,8 mil. Este ano, segundo dados do Portal Transparência do Governo do Estado, a empresa recebeu da Assmbleia  R$ 136,2 mil por serviços de buffet: R$ 46 mil referentes a 2013 e mais R$ 90,2 mil de despesas do ano passado.

Arranjos florais em padrão de luxo

A ALE-AM exige que em 2014 as flores que enfeitarão suas festas e eventos sejam nobres e obedeçam a padrões de luxo. Quem vai receber R$ 150 mil para garantir a qualidade que o parlamento exige é a empresa S S O dos Anjos.

Por 20 coroas de flores e folhagens naturais, padrão super luxo, acompanhadas de faixa de homenagem, para uso com pedestal, a ALE-AM vai pagar R$ 10,8 mil. A SSO dos Anjos cobrará R$ 540 por coroa.

A ALE-AM também não pensa em economizar quando o assunto é jardineira. Em cada jardineira de flores e folhagens tropicais e naturais a casa vai desembolsar R$ 1,8 mil. A previsão é que sejam compradas 40 delas. Em um total de R$ 18 mil.

Com mais R$ 18 mil, a ALE-AM estima comprar no próximo ano 50 unidades de coroa de flores e folhagens naturais, padrão luxo, formato personalizado.

As rosas também serão lembradas ano que vem na ALE-AM. A previsão é que 50 bouquês de rosas naturais, padrão standard, acompanhados de arranjos e fita sejam presenteados pelo parlamento amazonense. Cada um sairá ao preço de R$ 76,50.

Por 50 cestas de rosas naturais, padrão especial, acompanhadas de cestas de palha artesanal, arranjos e fitas, a casa pagará R$ 6,7 mil.

Contratos sem licitação para cursos

A Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas vai gastar mais com flores do que com treinamentos para os servidores. Sem licitação, o parlamento pagará R$ 47,1 mil por cursos para funcionários, entre eles o de capacitação em brigada de incêndio.

Ministrados por militares do Corpo de Bombeiros, os cursos de atualização em briga de incêndio custam, cada um, R$ 1,8 mil. É o treinamento para servidores mais caro na lista de cursos ministrados na Escola do Legislativo publicada no Diário Oficial da ALE-AM, no dia 17.

Os bombeiros Fernando Paiva Pires, Carlos Alberto Freitas Tupinambá, Ailton Ruiz da Silva e Júlio Cesar Araújo de Oliveira foram os contratados pela ALE-AM para ministrar os cursos de atualização em brigada de incêndio.

Por R$ 1,8 mil, a ALE-AM contratou o instrutor Almir Barros Carlos para ministrar curso de interpretação de textos. E para ensinar a arte de falar em público para os seus servidores, a casa pagará R$ 1 mil ao instrutor Elias  da Silva.

Um dos casos em que a legislação permite comprar sem licitação é quando não é possível realizar o processo por falta de competição, ou seja, não existe concorrência no mercado.