Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Ciclovias do Boulevard e da Ponta Negra estarão prontas em dez dias

Obras do primeiro trecho da ciclovia que deve ligar o Boulevar Álvaro Maia à Marina do Davi, na Ponta Negra, serão retomadas

Atualmente, ciclistas têm espaço restrito para pedalar de forma segura: apenas em dias específicos, na Ponta Negra

Atualmente, ciclistas têm espaço restrito para pedalar de forma segura: apenas em dias específicos, na Ponta Negra (Luiz Vasconcelos)

A ciclovia Boulevard Álvaro Maia-Ponta Negra será entregue em dez dias. É o que garante o diretor de engenharia da Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminf), Antonio Nelson.

A promessa da prefeitura era de que seriam construídos 20 quilômetros de ciclovia por ano, totalizando 80 quilômetros em toda a cidade até o final da gestão do prefeito Artur Neto e 40 deles até o fim de 2014. A prefeitura ainda chegou a anunciar que, até o fim do ano, 14,6 quilômetros de ciclovias seriam entregues pela Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminf), mas parte das obras sequer foi iniciada e, as que começaram, estão paradas.

De acordo com o projeto elaborado pela prefeitura, os ciclistas poderão contar, inicialmente, com apenas 2,5 quilômetros de ciclovias, que estão sendo construídos no encontro das avenidas Duque de Caxias e Álvaro Botelho Maia, na Zona Sul. O trecho tinha previsão para ser entregue até maio, mas obras estão paradas. De acordo com a Seminf, apesar das chuvas e da paralisação das atividades, “as obras da ciclovia estão seguindo o cronograma da secretaria”.

Antonio Nelson revelou que o espaço para o trânsito de bicicletas será separado do fluxo de veículos, em canteiros centrais e calçadas. Haverá trechos em que o uso do espaço será compartilhado por ciclistas e pedestres, enquanto outros serão exclusivos para bicicletas.

Segundo o diretor de engenharia da Seminf, as obras da ciclovia Boulevard-Ponta Negra serão retomadas na segunda-feira. De acordo com ele, o projeto não sofreu alteração, apenas o material que será utilizado na construção, mais resistente. “Temos dez dias para construir e entregar o trecho que vai do Boulevard até o Olímpico Clube” afirmou.

Projeto

O projeto da ciclovia Boulevard-Ponta Negra, foi incluído num lote de obras de infraestrutura coordenadas pela Seminf, no valor aproximado de R$ 20 milhões. O valor será aplicado em recapeamento de vias, requalificação de calçadas, projeto de mobilidade urbana, urbanismo, sinalizações vertical e horizontal - com placas em português e inglês, para melhor orientação dos turistas - e na própria ciclovia.

Para o presidente da Comissão dos Ciclistas do Amazonas, Jordan Fonseca, a construção da ciclovia Boulevard-Ponta Negra está sendo “vista com bons olhos” pelos ciclistas, porém a população precisa ser orientada para melhor utilização das faixas exclusivas e segregadas. “A construção de ciclovias mostra que a cidade está avançando em alternativas para melhorar o trânsito e a qualidade de vida da população, e essas vias não podem ser utilizadas somente por ciclistas à noite, temos que criar o hábito de utilizarmos também para o trabalho”, disse.


Promessa

Além dos mais de 14 quilômetros de ciclovia entre a avenida senador Boulevard Álvaro Maia até a Marina do Davi, na Ponta Negra, a prefeitura planeja construir mais seis quilômetros de ciclovia na área pública cedida pelo condomínio Alphaville, no Tarumã, Zona Oeste. CríticaO arquiteto e urbanista Claudemir Andrade afirmou que as principais cidades, não somente no Brasil, estão implantando ciclovias, e Manaus “está atrasada”, pois as ciclovias servem não apenas para o lazer, mas transporte urbano. “Um exemplo é a avenida das Torres, que na construção já deveria ter ciclovia, visto que liga a zona Centro-Sul à Norte e é uma área onde há possibilidade de implantar, facilmente, uma ciclovia, com segurança” disse.