Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Dono de distribuidora é morto a tiros pelo cunhado em suposta briga de família, em Manaus

O suposto assassino seria o cunhado de Lucas , que conversava com a vítima momentos antes do crime

O crime está sendo investigado pela Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS)

O crime está sendo investigado pela Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) (Vinicius Leal)

Lucas Paulo Nunes da Silva, 20, foi morto com um tiro no coração no início da noite de quarta-feira (26), por volta das 18h30, em frente à distribuidora de sua propriedade, na rua Branco e Silva, bairro Santa Luzia, Zona Sul. O suposto assassino seria o cunhado de Lucas, que conversava com a vítima momentos antes do crime.

Segundo moradores, Lucas e a esposa estavam em frente à distribuidora quando o cunhado chegou e passou a conversar com os dois. “Eles ficaram conversando uns cinco minutos. Aí ele tirou a pistola da cintura e efetuou três disparos, mas apenas dois atingiram. Um de raspão e outro no coração”, contou um vizinho que não quis se identificar.

De acordo com populares, o assassino de Lucas havia saído recentemente de uma unidade prisional onde cumpria pena por tráfico de drogas. Entretanto, nenhum morador soube dizer o nome do cunhado de Lucas nem o local onde ele estaria preso. Segundo eles, o assassino frequentava sempre a casa da vítima.

“A esposa estava do lado. Ela viu tudo e ficou em choque, não conseguiu se mover”, contou um morador. Após ser baleado, Lucas foi socorrido por um amigo que estava próximo, que o colocou dentro de um carro e o levou para o Serviço de Pronto Atendimento (SPA) da Zona Sul. Lucas não resistiu aos ferimentos e veio a óbito minutos depois.

“O povo comenta que foi briga de família. Disseram que foi o cunhado porque os dois tinham brigado. Parece que ele (Lucas) ‘deu um pau’ nela (esposa). Aí ela ligou para o irmão, que veio e o matou”, confirmou outro morador da área. O velório de Lucas aconteceu no bairro Educandos, na casa de familiares dele.

“Eles mudaram recentemente para cá. Essa distribuidora é dele. Os dois deviam brigar como qualquer casal, mas ninguém nunca presenciou nada”, relatou outro vizinho. O crime está sendo investigado pela Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS).