Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Expansão do Hospital Francisca Mendes é inaugurada e pode se tornar a Fundação do Coração

Na ocasião, o governador assinou uma mensagem ao projeto de lei, que transforma a unidade de saúde em Fundação do Coração Francisca Mendes

Os novos equipamentos adquiridos para o hospital permitirão dobrar a capacidade de atendimento de cirurgias

Os novos equipamentos adquiridos para o hospital permitirão dobrar a capacidade de atendimento de cirurgias (Luiz Vasconcelos)

Com investimento de recursos federal e estadual de R$ 45 milhões, a obra de expansão do Hospital Francisca Mendes (HFM), localizado no bairro Cidade Nova, na Zona Norte de Manaus, foi inaugurada na manhã desta sexta-feira (25). Na ocasião, o governador Omar Aziz assinou uma mensagem ao projeto de lei – que será enviado ao legislativo estadual – onde transforma a unidade de saúde em Fundação do Coração Francisca Mendes.

Estiveram presentes na solenidade, ainda, o vice-governador José Melo, o secretário estadual de saúde Wilson Alecrim, o prefeito Artur Virgílio Neto, a primeira dama do Estado Nejmi Aziz e outros parlamentares aliados.

De acordo com a Susam, os investimentos na obra e nos novos equipamentos foram feitos pelo Governo do Estado, sendo que destes, R$ 1,9 milhão foram de recursos federais.

O secretário estadual de Saúde, Wilson Alecrim, destacou que a expansão do hospital é importante, já que o local tem capacidade para realizar cirurgias em crianças portadoras de doenças cardíacas congênitas. Com isso, reforça a oferta desses procedimentos, até então disponibilizados pelo Estado através de rede conveniada.

Os novos equipamentos adquiridos para o hospital permitirão dobrar a capacidade de atendimento de cirurgias, com procedimentos mais complexos para diagnóstico e tratamento de doenças cardiovasculares.

A capacidade de atendimento da unidade de saúde será realizada em três etapas, a partir desta terça-feira será feito o cadastramento dos pacientes e o atendimento de 50% da demanda, em abril subirá para 60%, chegando em Maio com 80% dos atendimentos.

Ainda nesta terça-feira, a primeira cirúrgia será realizada na ampliação do HFM. Segundo a secretaria de saúde estadual, uma revascularização do miocárdio em um dos pacientes, que não teve o nome revelado, dará o ponta-pé inicial no atendimento das intervenções médicas no novo centro cirúrgico na unidade.

*Colaborou a repórter Perla Soares