Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Garota de programa morre após ser baleada no ponto onde trabalhava

Ela foi atingida por três tiros, sendo dois nas costas e um no peito, e não resistiu aos ferimentos 

O corpo foi removido pelo Instituto Médico Legal (IML) e a Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) vai investigar o caso

O corpo foi removido pelo Instituto Médico Legal (IML) e a Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) vai investigar o caso (Winnetou Almeida)

Nalva Medeiros Colares, de 37 anos, morreu na noite de domingo (8), por volta das 22h30, após ser baleada com três tiros por um motociclista, identificado apenas como “Bruno”,  no ponto que trabalhava como garota de programa, localizado avenida Autaz Mirim, bairro Novo Aleixo, Zona Leste de Manaus.

De acordo com a polícia, Nalva estava no local com uma amiga, que também é garota de programa, quando um homem conhecido como “Bruno” chegou em uma motocicleta, de características não informadas,  com um comparsa na garupa e atirou contra a vítima. Ela foi atingida por três tiros, sendo dois nas costas e um no peito. A polícia informou que as mulheres também seriam funcionárias do bar Natureza, localizado na mesma via.

Após o crime o suspeito fugiu e a amiga de Nalva ainda acionou o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), mas a vítima morreu antes de ser socorrida. A polícia ainda não sabem qual o motivo para o crime, mas suspeitam que o crime tenha sido encomendado.

Segundo testemunhas, que preferiram não se identificar, Nalva era acostumada a aplicar o golpe do "Boa noite Cinderela" para furtar objetos pessoais de clientes. A informação ainda não foi confirmada pela polícia. O corpo foi removido pelo Instituto Médico Legal (IML) e a Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) vai investigar o caso.

Outro homicídio

Adriano Azevedo da Costa, 22, foi morto a facadas na madrugada desta segunda-feira (9), por volta das 1h30, na rua Evaristo Pacú, bairro Mauazinho, na mesma Zona. De acordo com policiais militares da 29ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), a guarnição estava em um patrulhamento de rotina quando foi informada por populares sobre o crime.

Adriano ainda estava vivo quando foi socorrido por familiares. Ele morreu minutos depois de dar entrada no Hospital e Pronto Socorro Dr. João Lúcio.