Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Idoso é morto com sete facadas após beber com o suspeito

O suspeito ainda ficou no local e quando a polícia chegou alegou legítima defesa, mas as investigações mostraram que ele teve a intenção de matar e não deu chance para a vítima se defender

O aposentado foi atingido pela primeira facada, porém a faca quebrou. Aldelei jogou a arma no quintal, pegou outra e deu mais seis facadas

O aposentado foi atingido pela primeira facada, porém a faca quebrou. Aldelei jogou a arma no quintal, pegou outra e deu mais seis facadas (Divulgação )

O aposentado Alberto Lima, de 71 anos, passou a noite bebendo com Aldelei de Aquino Silvério,  21, no bairro Manoa, Zona Norte de Manaus, e ao amanhecer voltaram para casa juntos. De acordo com a polícia, Aldelei não queria deixar a vitima entrar na sua casa para dormir. Eles começaram a discutir e o acusado entrou na casa e pegou uma faca de cozinha. Alberto Lima foi esfaqueado sete vezes e, após estar morto, ainda foi agredido com pauladas.

Aldelei aguardou a polícia e alegou legítima defesa, mas ainda assim foi preso devido às circunstâncias do crime. Segundo os policiais que atenderam a ocorrência, o aposentado foi atingido pela primeira facada porque estria supostamente tentando invadir a casa do acusado, porém a faca quebrou.

Aldeleim então, teria jogado a arma branca no quintal, pegou outra e deu mais seis facadas. O idoso estava caído o chão e o Aldelei ainda chegou a dar pauladas no seu rosto.

Aldelei ainda ficou no local e quando a polícia chegou alegou legítima defesa, mas as investigações mostraram que ele teve a intenção de matar e não deu chance para a vítima se defender, já que o mesmo estava embriagado. 

Ele foi autuado pelo crime de homicídio qualificado no 6º Distrito Integrado de Polícia (DIP) e será encaminhado à Cadeia Pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa, no Centro.