Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Irmãs agridem, roubam vítima e depois tentam quebrar viatura

Elas agrediram a vítima, roubaram o seu celular e resistiram a prisão. As irmãs ainda tentaram danificar a viatura com chutes e ameaçaram matar os militares

As duas irmãs foram autuadas em flagrante por roubo, ameaça e desacato

As duas irmãs foram autuadas em flagrante por roubo, ameaça e desacato (Divulgação )

Gleicy Kelly Farias Colares, 21, e Kelliane Farias Colares, 28, foram presas após agredirem uma mulher na saída de uma casa de show, roubarem o seu celular e resistirem a prisão na madrugada deste sábado (1º). O crime aconteceu por volta das 4h, na rua Manoel Urbano, próximo da Praça do Amarelinho, no Bairro Educandos, Zona Sul de Manaus.

A dona de casa Bárbara Joanne Souza Cruz, 29, declarou que havia saído da casa de forró quando foi atacada e agredida pelas duas irmãs. Sem explicar o motivo, Gleicy e Kelliane roubaram o celular da vítima e saíram andando tranquilamente.

Populares acionaram os policiais militares da viatura 6019 , que pertence a 2ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom). Após buscas no local, os policiais conseguiram interceptar as suspeitas nas proximidades do Bar do Amarelinho.

Segundo os policiais, Gleicy e Kelliane reagiram à prisão e tentaram quebrar a viatura com chutes. Elas precisaram ser algemadas e foram encaminhadas ao 3º Distrito Integrado de Polícia (DIP).

Na delegacia, a vítima reconheceu as irmãs e o celular foi encontrado. Ambas negaram o crime e disseram em depoimento que tudo não passou de um mal entendido.  Já os policiais informaram que foram ameaçados de morte pelas suspeitas.

As duas irmãs foram autuadas em flagrante por roubo, ameaça e desacato a autoridade e levadas nesta manhã à Cadeia Pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa, onde aguardarão a decisão da Justiça.

Segundo Caso

Este é o segundo caso de irmãs presas após cometerem crimes e serem autuadas no 3º DIP em menos de dez horas. Crisciana Campos do Nascimento, 24, e Cristiana Campos do Nascimento, 30, também foram presas após furtarem um pouco mais de R$ 680 em produtos do Supermercado DB, situado na avenida General Rodrigo Otávio, no bairro Japiim, Zona Sul de  Manaus.

De acordo com a polícia, as suspeitas usavam duas crianças, uma de 7 e a outra de 9 anos, para colocarem os objetos furtados dentro de três sacolas, despistando os seguranças do estabelecimento comercial.