Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Jornalista e escritor amazonense morre após sofrer infarto

Ele foi repórter policial do Jornal A Crítica por duas décadas e assinava a coluna Coisa da vida e da morte – onde retratava relacionamentos conflituosos por meio de contos

Fernando Ruiz passou mal há cerca de duas semanas quando caminhava em casa e imediatamente foi socorrido até a unidade hospitalar

Fernando Ruiz passou mal há cerca de duas semanas quando caminhava em casa e imediatamente foi socorrido até a unidade hospitalar (Acervo familiar)

O jornalista, escritor e fotógrafo Fernando Ruiz, 67, morreu nesta terça-feira (8) após sofrer um infarto cardíaco. Ele chegou a ficar internado no Hospital e Pronto-Socorro 28 de Agosto, na Zona Centro-Sul de Manaus, mas não resistiu. Ele foi repórter policial do Jornal A Crítica e assinava a coluna "Coisa da vida e da morte" – onde retratava relacionamentos conflituosos por meio de contos – e que, posteriormente, foram colocados em um livro que leva o mesmo nome da seção.

O corpo está sendo velado na Igreja de Deus Batista Nacional nesta quarta-feira (9), localizada no bairro Lírio do Vale, e será enterrado ainda nesta tarde no Cemitério Parque Tarumã, Zona Oeste da capital.

De acordo com familiares, Fernando Ruiz passou mal há cerca de duas semanas enquanto caminhava em casa e imediatamente foi socorrido até a unidade hospitalar. Debilitado, o jornalista que também sofria de problemas renais não resistiu e faleceu.

Amigos, parentes e colegas de profissão lamentaram a morte do profissional nas redes sociais. Fernando Ruiz trabalhou na redação de A Crítica entre as décadas de 70 e 80 e já estava aposentado há alguns anos. Ele era casado e deixa uma filha.