Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Mulher é detida por Conselho Tutelar após maltratar filho especial de 8 anos

A denúncia foi feita por vizinhos, que informaram que a mulher deixou o filho deficiente sozinho dentro de casa. Segundo eles, isso não é a primeira que acontece

Equipe do Conselho Tutelar resgata menino especial de 8 anos no Residencial Viver Mlehor, na Zona Norte de Manaus

Equipe do Conselho Tutelar resgata menino especial de 8 anos no Residencial Viver Mlehor, na Zona Norte de Manaus (Euzivaldo Queiroz)

Uma mulher de 43 anos foi detida pelo Conselho Tutelar da Zona Norte de Manaus e apresentada à polícia, na manhã desta sexta-feira (14), por maltratar seu filho de oito anos, que possui deficiência mental e física, informou o conselheiro tutelar Raimundo Amaral. 

Ainda segundo o conselheiro, a denúncia foi feita por vizinhos, que informaram que a mulher tinha deixado o filho desde a noite desta quinta-feira (27), sozinho dentro da residência onde mora. 

 “As autoridades precisam fazer alguma coisa, ela (mãe) sempre dá uma desculpa e tenta disfarçar os maus-tratos que a criança recebe, isso é um crime”, afirma um dos moradores que ajudou a registrar a denúncia. 

A equipe do Conselho Tutelar foi ao local e constatou os maus-tratos. 

“Quando a equipe do Conselho chegou, a criança estava sentada sozinha em uma cadeira aparentemente sujo e desnorteado, muitos moradores estavam em frente a casa revoltados com a situação”, disse o conselheiro tutelar. 

A mãe do pequeno foi encaminhada à Delegacia de Proteção a Criança e ao Adolescente (Depca), no conjunto Vista Bela, no Planalto e responderá pelo crime de maus-tratos, conforme as do delegado Rafael da Rocha. 

O conselheiro tutelar Raimundo destacou que a criança será abrigada provisoriamente no Abrigo Moarcir Alves até os procedimentos de rotina realizados pela Justiça do Amazonas.

Maltratar menores de idade é crime

A Delegacia Especializada em Proteção à Criança e ao Adolescente (Depca) registra cerca de 600 a 700 casos de maus-tratos a crianças e adolescentes por ano em Manaus. Por mês, em média, 55 crianças e adolescentes são vítimas deste crime dentro de alguma residência na capital amazonense. O número de registros feitos em 2013, é 7,2% superior aos crimes desta natureza formalizados em todo o ano passado, quando houve a denúncia de 563 casos na delegacia.

Vale ressaltar, que maus-tratos a menores de idade é crime e pode ocasionar em pena - reclusão de 2 a 30 anos, dependendo da procedência da infração. As denúncias relacionadas a casos como este, podem ser feitas pelo Disk Denúncia no número de telefone 100.