Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Paralisação dos ônibus da Viação São Pedro prejudica quase 50 mil usuários

Segundo o Sinetram o sindicato dos rodoviários realizou catraca livre na sexta-feira (24) em uma linha da empresa incomodando a direção da viação que pediu explicações e como ameaça a o sindicato fechou a garagem

Paralisação dos ônibus da Viação São Pedro prejudica quase 50 mil usuários

Paralisação dos ônibus da Viação São Pedro prejudica quase 50 mil usuários (Divulgação)

Aproximadamente 500 funcionários da Viação São Pedro, que atende os usuários da Zona Norte de Manaus, foram impedidos pelo sindicato dos rodoviários de saírem da garagem da empresa neste sábado (25), prejudicando cerca de 50 mil pessoas.

Conforme o Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Amazonas (Sinetram) o motivo da paralisação teria sido uma catraca livre que ilegalmente o sindicato teria realizado na sexta-feira (24) na linha 450 da Viação São Pedro.

Dez viagens teriam sido realizadas apenas com motoristas, os cobradores da empresa teriam sido impedidos de seguir viagem.

Empresa pediu explicações

A direção da empresa pediu que os funcionários fossem até a direção para explicarem o que tinha ocorrido, ao saber que os trabalhadores tinham sido chamados, o presidente do sindicato Givanci Oliveira teria ligado para o diretor da empresa dizendo que não podiam fazer isso que iam colocar os trabalhadores contra o sindicato.

Segundo o diretor da Viação São Pedro Tarcisio Muratóri, o presidente do sindicato se propôs a pagar o prejuízo, equivalente a R$2 mil, mas a empresa não aceitou, pois queria explicações sobre o ocorrido.

Indignado com a resposta da empresa, o presidente do sindicato Givanci disse que paralisaria as atividades neste sábado (25), como o fez, informou o Sinetram.

Medidas a serem tomadas

O caso foi registrado em uma delegacia que não foi divulgada pelo Sinetram que pretende ainda entrar com ação judicial, pedindo que seja cobrado R$50 mil por hora de paralisação.

As imagens registradas pelas câmeras de segurança de dentro dos ônibus serão analisadas durante as investigações.

Prejuízos

A Viação São Pedro tem 21 linhas que operam na Zona Norte e com a paralisação deste sábado, a empresa estima que ao menos 50 mil usuários tenham sido prejudicados e que o prejuízo para a empresa seja de R$ 100 mil.

Sindicato dos rodoviários

Até a publicação desta matéria nossa equipe tentou contato com os presidentes do sindicato dos rodoviários pelos telefones de final: 0022 e 8110, mas não foi atendida.