Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Seis mortes são registradas no IML nas últimas horas em Manaus

Cinco das mortes foram causadas por ferimentos com arma de fogo. Dois corpos ainda não foram identificados por familiares

O Instituto Médico Legal (IML) registrou seis mortes em 24 horas em Manaus

O Instituto Médico Legal (IML) registrou seis mortes em 24 horas em Manaus (Winnetou Almeida)

Seis mortes foram registradas pelo Instituto Médico Legal (IML) na noite desta quarta-feira (26) e madrugada desta quinta-feira (27) em Manaus. Do total de mortes registradas, cinco mortes foram causados por ferimentos por arma de fogo e um suicídio.

Às 19h02 o corpo de um homem, ainda não identificado, deu entrada no instituto após ser atingido por tiros no bairro Morro da Liberdade, na Zona Sul de Manaus. De acordo com a assessoria de imprensa da Polícia Civil, o local onde a vítima foi baleada e a motivação para o crime não foram informados. Ele chegou a ser socorrido até o Serviço de Pronto Atendimento da Colônia Oliveira Machado, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

Por volta das 21h18, outro homem não identificado foi morto com um tiro na cabeça. O crime aconteceu n a rua Itaquitinga, bairro Alvorada, na Zona Centro-Oeste de Manaus.

Vinte minutos depois foi à vez de um adolescente de 16 anos. Gabriel Ferreira Feitosa foi morto a tiros na rua Girassol, bairro Lírio do Vale. Ele chegou a ser socorrido até o SPA Joventina Dias, mas chegou sem vida.

Internado desde o último dia 12, Alessandro Barros, 23, não resistiu e morreu na noite de quarta-feira. Ele estava internado no Hospital e Pronto-Socorro (HPS) 28 de agosto e veio à óbito às 22h23. De acordo com a polícia, o jovem foi atingido com vários tiros na costa quando estava em frente a sua residência, localizada na rua Manoel Borba Gato, no bairro Dom Pedro II, Zona Centro-Oeste, quando foi surpreendido pelo atirador.

Às 22h39 foi registrado a morte de David Aires Campos, de 31 anos, após ser vítima por tiros na cabeça em frente a uma igreja evangélica, situada na rua Miraí (antiga rua 5), no bairro São José II, na Zona Leste.

Segundo a polícia, a vítima recebeu uma ligação e saiu de casa para encontrar alguém, que ainda não foi identificado, quando foi surpreendido pelos tiros. David morava a pouco tempo no local, com a esposa e uma filha, e os moradores desconheciam qualquer desavença ou motivo para o crime.

A última morte registrada foi o suicídio, por volta das 4h26. Os corpos foram removidos para o Instituto Médico Legal (IML) e a Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) vai investigar o crime.