Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

População presta homenagem às vítimas no local do acidente

Artur Neto levou flores e aproveitou para anunciar um projeto de lei que dará o nome de Complexo Viário 28 de março ao viaduto que está sendo construído na av. Torquato Tapajós

Pessoas prestaram homenagens às vítimas no local do acidente neste sábado

Dezenas de pessoas foram até o local do acidente e prestaram homenagens às vítimas (Euzivaldo Queiroz)

Dezenas de pessoas aproveitaram a manhã e tarde deste sábado (29) e foram até a avenida Djalma Batista, Zona Centro-Sul, onde aconteceu o acidente que vitimou 15 pessoas e feriu outras dezessete, para prestarem homenagens. Flores, velas e até chocolate foram depositados no meio fio onde a caçamba colidiu com o micro-ônibus da linha 825 na noite desta sexta-feira (28). A Fundação de Hematologia e Hemoterapia do Amazonas (Hemoam), localizada na avenida Constantino Nery, bairro Chapada, registrou recorde de doação de sangue após a tragédia.

O prefeito Artur Neto também esteve no local do acidente para deixar flores e aproveitou para anunciar que pretende enviar um projeto de lei à Câmara Municipal de Manaus (CMM), que pretende colocar o nome de Complexo Viário 28 de Março ao viaduto que está sendo construído na avenida Torquato Tapajós, nas proximidades do Aeroporto Internacional Eduardo Gomes.

Durante a visita, Artur Neto declarou que é preciso acabar com a guerra no trânsito, vencendo com o sentimento de paz. O nome dado ao complexo viário com a data do grave acidente é uma forma de homenagear as vítimas e os seus familiares.

“É uma forma de homenagear as vítimas e de deixar um marco na cidade, nos lembrando de que o trânsito não é uma guerra civil e que precisamos buscar a paz”, declarou.

O prefeito anunciou que já está convocando suas equipes para trabalhar, urgentemente, várias medidas em relação ao trânsito, entre elas uma grande campanha de educação; intensificação das fiscalizações, ampliação da lei de restrição de veículos pesados e ampliação dos redutores de velocidade.

Assistência as vítimas e suas famílias

A caçamba que ocasionou o acidente pertence a uma empresa terceirizada Etacom, que prestava serviços para a Prefeitura de Manaus e tinha um adesivo da Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminf). O órgão, por meio de nota, informou neste sábado que tem acompanhado e prestado toda a assistência às famílias das vítimas do acidente de forma integral.

A Seminf informou ainda que está auxiliando todas as ações que a Etacom, responsável pelo caminhão envolvido no acidente, presta aos parentes das vítimas. A empresa disponibilizou duas assistentes sociais que acompanham além da família dos dois funcionários vitimados (o motorista da caçamba que morreu ainda no local, Ozias Costa, e o carona da caçamba, Raimundo Nogueira, que está internado no Pronto-Socorro João Lúcio), além de todos os outros envolvidos no acidente.

Funeral e enterro dos corpos

Equipes da Secretaria Municipal de Assistência Social e Direitos Humanos (Semasdh) estão acompanhando todos os procedimentos necessários para liberação, funeral e enterro. No caso de Gabriela Teles Messias e o filho que não resistiu, morrendo logo após o parto, os corpos foram transferidos para a cidade de Cruzeiro do Sul, no Acre, no fim da manhã.

O Município está se responsabilizando por todas as despesas e também irá providenciar espaços no Cemitério Nossa Senhora Aparecida, no Tarumã, zona Oeste, para as famílias que não possuem jazigos próprios.

A preparação dos corpos está sendo feita em duas funerárias da cidade e, após a liberação, eles serão encaminhados para os locais dos velórios. Assistentes sociais e psicólogos do município continuam acompanhando cada uma das famílias das vítimas para prestar o apoio necessário. Uma das vítimas, Lincoln Oliveira de Souza, será enterrada ainda hoje, no cemitério São João Batista. As demais serão enterradas neste domingo, 29.

A Prefeitura de Manaus decretou luto oficial por três dias em razão do acidente e das vítimas, ato publicado no Diário Oficial deste sábado, 29. 

Veja galeria de imagens clicando aqui.