Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Programa prorroga inscrições para mil bolsas em escolas particulares

As bolsas são para os Ensinos Infantil, Fundamental e Médio em escolas particulares de Manaus, e as vagas irão atender desde crianças a partir de 4 anos, até o 3° ano do Ensino Médio

Programa prorroga inscrições para mil bolsas em escolas particulares

Programa prorroga inscrições para mil bolsas em escolas particulares (Divulgação)

O Programa Educações informa que prorrogou até o dia 15, as inscrições para o processo seletivo para 1.000 novas bolsas de estudo parciais (50%) que seriam encerradas hoje, dia 7. As bolsas são para os Ensinos Infantil, Fundamental e Médio em escolas particulares de Manaus, e as vagas irão atender desde crianças a partir de 4 anos, até o 3° ano do Ensino Médio.

As inscrições estão sendo realizadas somente na sede administrativa do programa, localizada na rua 24 de maio, no edifício Rio Negro Center, sala 501, no centro da cidade, das 9h às 17h. O processo é simples e o resultado é imediato. 

As instituições participantes do certame são: Palas Atena, Nossa Senhora Auxiliadora, Dom Bosco, Centro Educacional Batista Independente - Cieb, Nilton Lins e Fucapi.

Segundo o presidente do Educações, professor Rony Siqueira, a prorrogação é para atender os pais que ainda não conseguiram a documentação necessária para inscrever seus filhos. “Resolvemos prorrogar o atendimento por mais uma semana para que mais crianças possam ser beneficiadas no processo seletivo, principalmente aquelas em que as famílias não possuíam condições de pagar uma mensalidade integral”, disse.

Rony Siqueira destaca ainda que o Programa Educações passa a atender em todos os níveis de ensino, podendo acompanhar os bolsistas desde os primeiros anos na escola até a pós-graduação.

Critérios de Seleção

Para concorrer, o estudante não pode estar matriculado em escola credenciada no programa, sua família (residência) deve ter renda familiar per capita (soma de todos os ganhos divididos pelo número de membros) igual ou inferior a três (três) salários mínimos. Além disso, deverá o candidato  manter-se adimplente com o percentual da mensalidade que lhe cabe, ter bom rendimento escolar e frequência, manter conduta exemplar em consonância com as regras da instituição de ensino para a qual for selecionado, apresentar projeto de pesquisa que proponha soluções para o desenvolvimento local e participar de ações socioeducacionais, quando da sua disponibilidade.

*Com informações de assessoria.