Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Projeto leva a alunos da rede municipal informações sobre o processo de envelhecimento

A ideia é que a partir das informações divulgadas, diminua-se o abandono e maus-tratos aos idosos

A gerente de Serviço Social da FDT, Michele Falção, disse que o projeto é sempre bem recebido pelos alunos

A gerente de Serviço Social da FDT, Michele Falção, disse que o projeto é sempre bem recebido pelos alunos (Divulgação/SEMCOM)

Com o intuito de levar às escolas da rede pública municipal mais informações sobre a vida dos idosos e suas necessidades, a Prefeitura de Manaus por meio da Fundação Dr. Thomas (FDT), iniciará no dia 9 de setembro a terceira fase do “Projeto Educando Crianças e Adolescentes para o Envelhecimento”.  O projeto possui a parceria da Secretaria Municipal de Educação (Semed) e nesta etapa se estenderá à zona rural, iniciando em duas escolas no Km 4 da BR-174  (que liga Manaus a Boa Vista).

O projeto é realizado pelo setor de Serviço Social da FDT e tem a proposta de inserir nas escolas discussões sobre a velhice e o processo envelhecimento. É também objetivo do trabalho mostrar a importância do convívio familiar para o idoso, destacando direitos e deveres dentro do lar e da sociedade.  A ideia é que a partir das informações divulgadas, diminua-se o abandono e maus-tratos aos idosos.

A gerente de Serviço Social da FDT, Michele Falção, disse que o projeto é sempre bem recebido pelos alunos. “Podemos perceber em todas as escolas que visitamos a curiosidade dos alunos em saber mais sobre a terceira idade. Muitos deles compartilham experiências de sua realidade conosco, fazem questionamentos, mantendo a atenção do começo ao fim da atividade, o que é bastante gratificante para toda a equipe”, afirmou Michele.

A ação iniciou no mês de outubro do ano passado. Em suas duas etapas foram atendidas 20 unidades de ensino. Nesta terceira fase, o projeto alcançará 14 escolas municipais nos meses de setembro e outubro, incluindo a zona rural.

Nesta fase haverá ainda um diferencial. Após atividade realizada pela equipe da FDT, os alunos deverão fazer uma redação ou um desenho, de acordo com a sua série, relatando o que aprenderam durante a palestra. A intenção é compreender o pensamento de cada aluno em relação ao assunto abordado.

Para a diretora-presidente da Fundação Dr. Thomas, Martha Cruz, o projeto ganha ainda mais importância por trabalhar a formação do caráter dos alunos. “Esse projeto é uma excelente iniciativa e só contribui para a progressão do contato e à inserção do idoso no convívio social”.

O trabalho nesta fase iniciará em duas escolas municipais da zona rural: na Escola Municipal Maria Amorim e Escola Municipal Solange Nascimento, ambas no Km 4 da BR 174/K m 4. Nas duas instituições de ensino haverá palestras no período da manhã e da tarde.

*Com informações de assessoria de comunicação.