Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Rodoviários suspendem greve após reunião com o prefeito no fim da noite

Em uma reunião que terminou por volta das 21h30, os rodoviários entraram em um acordo com Artur Neto e cancelaram a catraca livre desta quarta-feira

Com a jurisprudência do TRT proibindo a catraca livre, os rodoviários estudam fazer uma nova paralisação parcial e 200 mil usuários serão prejudicados

Uma nova reunião está marcada para esta quarta-feira, onde serão discutidas a questão da Participação nos Lucros e Resultados (PRL) (Luiz Vasconcelos)

Após reunião comandada pelo prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto, a greve dos trabalhadores do transporte público coletivo, prevista para esta quarta-feira, 23, foi cancelada. O anúncio foi feito na noite desta terça-feira, 22, depois de uma reunião entre o chefe do executivo municipal, os sindicalistas e o diretor-presidente da Superintendência Municipal de Transportes Urbanos (SMTU), Pedro Carvalho.

Uma nova reunião está marcada para esta quarta-feira,  onde serão discutidas a questão da Participação nos Lucros e Resultados (PRL). De acordo com o prefeito, os dirigentes do Sindicato dos Rodoviários decidiram rever a situação e acataram as propostas apresentadas, ainda pela manhã, durante reunião na sede do Ministério Público do Trabalho (MPT).  A proposta prevê o reajuste salarial de 6%, reajuste da cesta básica para R$ 195 e mais 10% no tíquete refeição e no lanche.

“O que não queremos é ver a cidade parada. Queremos a cidade funcionando. Tudo é resultado de uma longa negociação e os trabalhadores vieram de coração aberto e entramos em um entendimento bom para todos nós. Nesta quarta-feira, teremos mais uma reunião e cremos que a outra parte também honrará com seu compromisso”, destacou.

O presidente do Sindicato dos Rodoviários, Givanci Oliveira, garantiu que toda frota vai estar nas ruas, nos horários determinados e que não haverá nenhum tipo de paralisação. “As negociações começaram a avançar e é um compromisso nosso que toda a frota estará nas ruas”, garantiu.

Segundo o diretor-presidente da SMTU, Pedro Carvalho, a reunião está marcada para esta quarta-feira, com representantes da prefeitura e dos dois sindicatos. A ideia é debater sobre a PRL. O secretário Municipal de Finanças, Tecnologia da Informação e Controle Interno (Semef), Ulisses Tapajós, também deve participar da reunião.