Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Seduc dá início ao processo seletivo para escolas estaduais de Tempo Integral

Serão ofertadas 3.974 vagas e as inscrições deverão ser realizadas até a próxima sexta-feira (13)

 Conforme edital, a seleção para as escolas de tempo integral do 1º ao 5º ano do ensino fundamental levará em conta alguns critérios

Conforme edital, a seleção para as escolas de tempo integral do 1º ao 5º ano do ensino fundamental levará em conta alguns critérios (Divulgação)

O Governo do Estado por meio da Secretaria de Estado de Educação (Seduc) deu início nesta segunda-feira (9) processo seletivo para o ingresso nas escolas públicas estaduais de tempo integral para o ano letivo de 2014. Por meio da seleção serão ofertadas 3.974 vagas e as inscrições deverão ser realizadas até a próxima sexta-feira (13).

Para os que desejam ingressar em uma das escolas públicas estaduais de Tempo Integral de modalidade ‘ensino fundamental’ (do 6º ao 9º ano) ou de ‘ensino médio’ (do 1º ao 3º ano) as inscrições podem ser realizadas em qualquer uma das escolas estaduais da Seduc. Já para os que pleiteiam uma vaga nas escolas de tempo integral de ‘ensino fundamental’ específicas de 1º ao 5º ano, as inscrições devem ser feitas diretamente na escola em que deseja obter a vaga.  

Conforme edital que está disponível no portal da Seduc na internet – www.educacao.am.gov.br – o processo de inscrição é inteiramente gratuito e deverá ser feito pelo candidato, quando maior de idade, ou por seu responsável legal.

De acordo com o secretário de Estado de Educação, Rossieli Soares da Silva, o Governo do Estado está investindo na ampliação da rede de ensino de tempo integral e por meio do processo seletivo está oportunizando o acesso à população. “O Governo do Estado está investindo neste modelo educacional e ampliando a oferta de vagas para a capital e para o interior. Por meio do processo seletivo queremos oferecer condições igualitárias de acesso a este serviço”, destacou o secretário.

Segundo o secretário, não há necessidade de grandes aglomerações e filas no ato de inscrição, pois a obtenção das vagas não terá como critério a ordem de chegada no atendimento. “As inscrições podem ser feitas tranquilamente entre segunda e sexta-feira desta semana, pois somente ao final do processo observaremos as documentações apresentadas por cada pessoa que concorre à vaga. Lembramos também aos pais que procuram por vagas no ensino fundamental (do 6º ao 9º ano) e também para o ensino médio (do 1º ao 3º ano) que as inscrições podem ser feitas em qualquer uma das 230 escolas da Seduc na capital”, informou Rossieli Silva.  

Critérios de seleção

Conforme edital, a seleção para as escolas de tempo integral do 1º ao 5º ano do ensino fundamental levará em conta, por ordem, os seguintes critérios: residência em bairros localizados em um raio de dois quilômetros da escola desejada; menor renda salarial (per capita) da família; em caso de empate será adotado como critério a menor idade do aluno candidato à vaga. 

Já a seleção para as escolas de tempo integral que ofertam do 6º ao 9º ano do ensino fundamental e também as de ensino médio, terá como critérios, por ordem: a proximidade residencial do candidato, ou seja, o mesmo residir nos bairros ou sub-bairros que estejam em um raio de dois quilômetros da escola desejada e a média da somatória das notas dos componentes curriculares de Língua Portuguesa e Matemática. Havendo empate, será levado em conta, para a obtenção da vaga, a menor idade do candidato, considerando-se ano, mês e dia de nascimento.

O resultado do processo seletivo, com a lista dos selecionados, será divulgado a partir do dia 20 de dezembro de 2013 no mural das escolas participantes e no portal da Seduc. O aluno selecionado deverá efetuar sua matrícula na escola na qual obteve a vaga no período de 20 a 27 de dezembro de 2013.

O processo seletivo destinará 5% das vagas às pessoas com deficiência (na forma da Lei nº 8.113, de 24 de julho de 1991 e do Decreto nº 3.298, de 20 de dezembro de 1999). Do saldo de vagas restantes, 80% serão ofertadas aos candidatos oriundos da rede pública de ensino do Estado do Amazonas e 20% aos candidatos da rede privada .

Documentação exigida

No ato da inscrição para o processo seletivo deverão ser apresentados os seguintes documentos do candidato: fotocópia e original do documento oficial de identificação (certidão de nascimento ou carteira de identidade); boletim escolar original, sem rasuras, contendo as notas até o terceiro bimestre ou equivalente do ano de 2013, exceto os alunos da rede estadual do Amazonas, cujas notas serão validadas diretamente no Sistema de Gestão Educacional do Amazonas (Sigeam); comprovante de residência (preferencialmente conta de energia elétrica no nome do pai, da mãe ou do seu responsável legal) ou declaração de comprovação de endereço e documento de identificação oficial do seu responsável legal.

* Com informações da assessoria de imprensa da Seduc