Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Semed realiza 7ª Ação da Cidadania em três escolas neste sábado

Os serviços oferecidos nas escolas vão desde atendimento jurídico e psicossocial e pré-matrículas

A Secretaria Municipal de Educação (Semed) também ofereceu sopa para as famílias e participou com os monitores do programa Mais Educação

A Secretaria Municipal de Educação (Semed) também ofereceu sopa para as famílias e participou com os monitores do programa Mais Educação (Divulgação )

Mais três Ações de Cidadania foram realizadas, neste sábado (26), pela Prefeitura de Manaus. Desta vez, as escolas municipais Raimundo Theodoro Botinelly, na Comunidade Riacho Doce 3, Cidade Nova, Rita de Cássia, no Novo Israel, ambas na zona norte, e a São José 1, na Comunidade Nossa Senhora do Livramento, zona rural, ofereceram serviços públicos para a comunidade.

As ações realizadas, das 8h às 14h, também fazem parte da programação de aniversário dos bairros Cidade Nova e Novo Israel. Já na Comunidade do Livramento, os serviços foram direcionados aos índios com a segunda Caravana de Cidadania Indígena, complementando os jogos Interculturais Indígenas, que também acontecem neste sábado no local. O evento é uma parceira entre todas as secretarias municipais. 

Os serviços oferecidos nas escolas vão desde atendimento jurídico e psicossocial, pré-matrículas, no Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec), distribuição de mudas, corte de cabelo, exposição de artesanatos feitos pela comunidade, atendimento médico, maquiagem e limpeza de pele. Também foram feitas inscrições para cursos no Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac) e no Cadastro Único do Governo Federal para programas sociais (CadÚnico), além de vacinação, higiene bucal e aplicação de flúor.

A Secretaria Municipal de Educação (Semed) também ofereceu sopa para as famílias e participou com os monitores do programa Mais Educação, que é uma estratégia do Ministério da Educação (MEC) para induzir à ampliação da jornada escolar com atividades na área de educação ambiental, esporte e lazer.

A gestora da Escola Raimundo Theodoro Botinelly, Ana Nery, contou que a comunidade sempre fica muito satisfeita com as ações. “Esse evento vem para atender as necessidades da comunidade tão carente desses serviços. Estamos em uma comunidade nova e a escola ainda é única unidade pública deste local. A gente percebe que desde cedo as mães já vem para a fila e aguardam para fazer todos os atendimentos de uma vez só”.

Nery informou, ainda, que cerca de 3 mil pessoas são atendidas a cada ação realizada na escola. “Sempre acontecem ações como essas na escola. No ano passado, foi um grande sucesso. A carreta da mulher e principalmente a inscrição no Bolsa Família são os que mais chamam atenção da comunidade”, disse.

A dona de casa Rosinete de Assunção, 41, é moradora do bairro Cidade Nova e ficou sabendo da programação pela escola onde os filhos dela estudam. “Fiquei sabendo que a prefeitura ia fazer essa ação e vim cedo, às 7h, para me cadastrar no Bolsa Família. Moro em outra comunidade, mas não pude perder essa oportunidade”.

Já a dona de casa Fátima Ferreira, 30, procurou a escola para vacinar o filho de 3 anos contra a H1N1 (Influenza A). “Eu acho muito legal quando oferecem esses serviços na escola, porque fica mais fácil para nós, por não precisarmos ir para longe para sermos atendidos. Fico muito feliz”, comentou.

Na Escola Municipal Rita de Cássia, os mesmos atendimentos também estavam sendo oferecidos. A gestora da unidade, Maria Lucilene de Oliveira, ratificou que a comunidade adere às ações de forma positiva. “As famílias gostam muito porque o bairro é carente e a população precisa desses momentos. Nesta ação está sendo oferecido até o serviço de emissão de título definitivo dos imóveis. A equipe toda da escola também se envolve nas ações e ajudam a realizar esse grande serviço”.

Para a manicure Maria da Conceição, 28, o evento mostra a preocupação da Prefeitura com as famílias que moram em bairros mais distantes. “Moro na comunidade e sempre participo da Ação de Cidadania. Nós precisamos disto porque facilita a nossa vida, até porque tudo que a gente precisa é muito distante. Enquanto o nosso posto está sendo reformado, a população vem para a escola para fazer atendimento médico”, contou ela, que levou os três filhos, de 7, 8 e 9 anos, para tomarem vacina e fazer limpeza nos dentes.