Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Em Manaus, suspeito de cometer estupro é liberado pela polícia por falta de provas

Os policiais apuram se a estudante de 17 anos tem um relacionamento com o suspeito sem o consentimento da família, e por isso, pode ter dito que havia sido estuprada

O caso foi registrado no 14º Distrito Integrado de Polícia (DIP)

O caso foi registrado no 14º Distrito Integrado de Polícia (DIP) (Winnetou Almeida)

Policiais militares da 30ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom) receberam uma denúncia na noite desta quarta-feira (9) de que uma estudante de 17 anos acabara de ser estuprada em uma casa abandonada, situada na rua Currupião, Conjunto Santa Inês, bairro Jorge Teixeira, Zona Leste de Manaus.

A polícia conseguiu prender o principal suspeito, H.P.C, de 19 anos, nas proximidades do local do crime, mas o mesmo acabou sendo liberado por falta de provas.

De acordo com os policiais que atenderam a ocorrência, a mãe da estudante foi quem acionou a polícia, por meio do telefone 190. Ao chegarem ao local, a jovem contou que estava caminhando na via pública, por volta das 17h, quando foi abordada pelo suspeito. Após ser ameaçada, ela o acompanhou até uma casa abandonada e acabou sendo estuprada com o uso da força física.

Os policiais fizeram um patrulhamento pela área com a vítima e a mesma conseguiu identificá-lo logo depois. Ele foi preso e levado para o 14º Distrito Integrado de Polícia (DIP), mas na delegacia a polícia desconfiou do depoimento da estudante. Por falta de provas, o suspeito foi liberado.

Segundo a polícia, um inquérito foi aberto para investigar o crime. A jovem passou por exames de conjunção carnal e anal e o resultado deve confirmar se houve relação sexual. Os policiais apuram se a vítima tem um relacionamento com o suspeito sem o consentimento da família, o que poderia levar a um falso testemunho.

*Colaborou a repórter Jaíze Alencar de A Crítica