Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Trio é preso após roubar skatista no calçadão da Ponta Negra

Segundo a vítima, ele estava caminhando no calçadão quando foi abordado pelo trio por volta das 2h30 próximo da pista de skate

Trio é preso após roubar estudante no calçadão da Ponta Negra

Trio é preso após roubar estudante no calçadão da Ponta Negra (Divulgação/PM)

Após ameaçarem e roubarem o celular de um skatista de 21 anos que caminhava no calçadão da Ponta Negra, na Zona Oeste de Manaus, Carlos Diego Reis Medeiros, 18, Washington Brasil Nunes, 19, e Jhonys Lima da Silva, 18, foram presos na avenida Coronel Teixeira, bairro Ponta Negra, na Zona Oeste de Manaus na madrugada desta quarta-feira (5).

De acordo com o tenente PM Fabrício da 19ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), guarnição responsável pela ocorrência, o skatista acionou a polícia por meio do telefone 190 e denunciou a ação do trio, que poderia realizar outro ato do tipo pela redondeza.

Segundo a vítima, ele estava caminhando no calçadão do comlexo turístico quando foi abordado pelo trio, por volta das 2h30 próximo da pista de skate. Eles o ameaçaram e tomaram o celular que estava em sua mão e depois fugiram em um veículo, modelo Hilux de cor branca e placas NOI-8515.


Os policiais militares fizeram um patrulhamento pela área e conseguiram localizar o carro nas proximidades da avenida Brasil, já no bairro Compensa, ainda na Zona Oeste da capital. Eles abordaram os suspeitos e encontraram o aparelho celular roubado.

Pessoas que trafegavam pela via pública informaram que o trio era acostumado a promover assaltos no local, porém outras vítimas não registraram a ocorrência nem identificaram os suspeitos.

Carlos, Washington e Jhonys foram levados para o 19º Distrito Integrado de Polícia (DIP), onde foram autuados em flagrante pelo crime de roubo. A polícia não encontrou com eles armas ou objetos que poderiam ser utilizados para ameaçar as vítimas.

Em depoimento, o trio informou que estavam curtindo a noite no balneário e queriam fazer apenas uma brincadeira com a vítima. Segundo a polícia, a ação é criminosa e os suspeitos foram encaminhados para a Cadeia Pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa, no Centro de cidade.