Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Remoção de camelôs da área central de Manaus começará às 18h desta sexta-feira (21)

Na primeira fase do processo que começa nesta sexta-feira, apenas os carros de lanche serão deslocados para galerias provisórias. As outras bancas serão realojadas neste domingo

Em muitos trechos do Centro de Manaus, andar pelas calçadas é tarefa quase impossível

Em muitos trechos do Centro de Manaus, andar pelas calçadas é tarefa quase impossível (Alexandre Fonseca)

Começará às 18h desta sexta-feira (21) a remoção dos 650 camelôs instalados ao longo das avenidas Eduardo Ribeiro, 7 de Setembro e praça da Matriz, no Centro de Manaus. A iniciativa que visa liberar as calçadas ocupadas pelos vendedores é promovida pelo Executivo Municipal.

Além de servidores voluntários, ao menos 50 profissionais das secretarias municipais de infraestrutura, limpeza e serviços públicos, de produção e abastecimento e do Centro farão parte de ação. Serão disponibilizados oito caminhões para o que a Prefeitura chama de "primeira etapa do processo".

Nesta fase, apenas os carros de lanche serão deslocados para galerias provisórias localizadas nas avenidas Epaminondas, Floriano Peixoto e rua Miranda Leão, todas na área central da cidade. A Prefeitura estipulou um prazo máximo de quatro meses para que os ambulantes permaneçam nas galerias, ganhando auxílio de R$ 1 mil, condicionado ao comparecimento em curso profissionalizante.

Passado o período de quatro meses, eles devem ser alocados nos Centros de Comercio Popular (CCP) Espírito Santo, Remédios e T4. O primeiro trata-se de um prédio localizado no cruzamento das ruas 24 de Maio e Joaquim Sarmento; o segundo na rua Miranda Leão; e o último nas instalações do Terminal de Integração 4 (T4), localizado no bairro Jorge Teixeira, Zona Leste de Manaus.

A sequencia da remoção será quebrada no sábado (22), por conta das atividades das bandas carnavalescas da Difusora e da Bica, que ocupam a rua 10 de Julho e a própria avenida Eduardo Ribeiro. No domingo (23), será a vez da remoção dos restantes dos camelôs.

*Colaborou o repórter Florêncio Mesquita