Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Fundo do Manausprev registrou aumento de R$ 14 mi

Para contornar as dificuldades econômicas, a Manaus Previdência adotou uma série de medidas, todas com o objetivo de conseguir estabilidade

Edson Júnior, do Manausprev, destacou medidas que deram bons resultados

Edson Júnior, do Manausprev, destacou medidas que deram bons resultados (Divulgação/Semcom)

O patrimônio líquido da Manaus Previdência - fundo previdência dos servidores da Prefeitura de Manaus – já subiu R$ 14,8 milhões milhões entre dezembro do ano passado e janeiro deste ano.

O fundo – que possui, atualmente, cerca de 35 mil profissionais ativos, aposentados e pensionistas – fechou 2013 com patrimônio líquido investido de R$ 502, 7 milhões, R$ 37 milhões (7,95%) a mais que em 2012, e já registra R$ 517.561,29 milhões este ano. De acordo com o diretor-presidente da Manaus Previdência, Edson Nogueira Fernandes Júnior, a meta é fechar 2014 com um aumento de 11% em relação a 2013.

“Ao contrário de 2012, o ano passado foi muito difícil economicamente falando. Isso porque, em 2013, os juros começaram a subir, e estão subindo até hoje, e isso foi péssimo para quem investiu em renda fixa. E os Regimentos Próprios de Previdência Social (Rpps), por determinação do Ministério da Previdência Social, possuem boa parte, quando não 100% da sua carteira, em títulos do tesouro. Então foi um ano muito ruim para os Rpps. Mas mesmo assim, nós conseguimos superar 2012”, comemora Edson Júnior.

Medidas

Para contornar as dificuldades econômicas, a Manaus Previdência adotou uma série de medidas, todas com o objetivo de conseguir estabilidade. Uma delas foi a reorganização do Comitê de Investimentos (Cominv), responsável pela análise de todas as informações que envolvem a política de investimento do órgão. Também foi feita a contratação de uma empresa de análise de riscos para auxiliar na identificação de eventos que estão ocorrendo ou possam vir a acontecer, determinando seus impactos nos investimentos definidos pelo fundo previdenciário.

Além disso, um Edital de Credenciamento foi elaborado para determinar uma série de critérios, objetivos e subjetivos, às instituições financeiras que tenham interesse em oferecer algum produto à previdência do município.

Os investimentos com rendimento a longo prazo e mais voláteis foram substituídos por investimentos de rendimento a curto prazo e a recomposição da carteira das seis maiores instituições bancárias do País. Essa última medida resultou em um crescimento de aporte nessas instituições superior a 50%. O órgão saiu de um aporte de R$ 180 milhões para mais de R$ 274 milhões.

“Hoje, uma instituição financeira precisa passar por uma série de filtros para ter um produto eleito pela Manaus previdência como um fundo em que a gente vai investir. Isso tudo traz mais segurança aos investimentos da Manaus previdência”, ressalta.