Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Manaus registra duas mortes por afogamento em menos de 24h

A primeira morte ocorreu na noite deste domingo (2), na Ponta Negra, enquanto a mais recente aconteceu na manhã desta segunda-feira (3), quando um homem caiu de uma balsa atracada no porto da Manaus Moderna

Homens do Corpo de Bombeiros foram acionados e encontraram o corpo da vítima nas proximidades de uma balsa

Homens do Corpo de Bombeiros foram acionados e encontraram o corpo da vítima nas proximidades de uma balsa (Patrulha da Cidade)

Um homem ainda não identificado morreu por volta das 7h desta segunda-feira (3) após cair de uma balsa que estava atracada no porto da Manaus Moderna, localizado no Centro de Manaus. Populares dizem ter visto a vítima cair na água e, notando a sua demora para voltar à superfície, optaram por acionar profissionais do Corpo de Bombeiros, que encontraram o corpo nas proximidades da balsa Boizão.

Conforme informações repassadas à imprensa pelo sargento Amazonas, dos Bombeiros, o homem aparentar possuir 28 anos de idade. A equipe de remoção do Instituto Médico Legal (IML), localizado na Zona Norte da cidade, foi acionada para retirar o corpo do local.

Intervalo de horas

Este foi o segundo caso de morte por afogamento em Manaus em questão de horas. Neste domingo (2), um jovem identificado como Jean Elias Ferreira, 20, também morreu vítima de afogamento.

Ele nadava nas águas da Praia da Ponta Negra, Zona Oeste de Manaus, na companhia de amigos com quem, segundo testemunhas, consumia bebidas alcoólicas.

O corpo de Jean foi encontrado por banhistas, que acionaram policiais militares da 19ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom). Profissionais do Serviço Móvel de Urgência (Samu) ainda foram chamados, mas encontraram a vítima sem sinais vitais.

Prefeitura de Manaus

Em nota, a assessoria de imprensa da Prefeitura de Manaus, disse que o Poder lamenta a morte de Jean e pede que a população respeite os horários de funcionamento da praia e os limites de acesso liberados aos banhistas.