Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Em Manaus, sete homicídios foram registrados pelo IML nas últimas horas do Carnaval

Entre as mortes estão os homicídios do ex-jogador do Nacional, Nordeilson Ferreira, conhecido como “Toró”, e do ex-cabo da Polícia Militar Marcelo Gonçalves

O ex-volante do Nacional 'Toró' e o ex-PM Marcelo Gonçalves foram mortos com quatro e seis tiros respectivamente

O ex-volante do Nacional 'Toró' e o ex-PM Marcelo Gonçalves foram mortos com quatro e seis tiros respectivamente (Reprodução)

Apenas nas últimas horas do feriado de Carnaval foram registradas sete mortes pelo Instituto Médico Legal (IML) na capital amazonense, sendo que destas, três foram registradas durante a madrugada desta quarta-feira (5). Entre os crimes está a morte do ex-volante da categoria de base do Nacional Futebol Clube, Nordeilson Ferreira da Silva, 20, conhecido como “Toró”. Ele foi morto com dois tiros na madrugada desta quarta-feira (5) após se envolver em uma briga com um casal no "Bloco das Garotas Encantadas", no bairro Nova Floresta, Zona Leste de Manaus.

O crime ocorreu na rua das Perólas, por volta das 2h20. A assessoria de imprensa da Polícia Civil do Amazonas informou que o jovem estava com amigos, comemorando na banda de carnaval, quando teria supostamente passado a mão nas nádegas de uma mulher acompanhada. A versão é negada pela família, que declarou que o mesmo foi apenas apartar uma briga entre o casal.

Ele foi atingido por uma garrafada na cabeça e mais quatro tiros. "Toró" morreu depois de dar entrada no Hospital e Pronto-Socorro (HPS) Platão Araújo.

Última morte registrada

O último registro no órgão aconteceu às 5h37 e a vítima ainda não foi identificada. O crime ocorreu na Edmundo Soares, no bairro São José Operário, na Zona Leste de Manaus, e de acordo com a polícia, o rapaz, que aparenta ter 25 anos, aproximadamente, foi agredido e depois esfaqueado até a morte.

As perfurações desferidas, possivelmente com uma faca, atingiram o abdômen, as costas e os braços da vítima. O rosto do homem também estava bastante machucado, levando a polícia a crer que houve luta corporal antes do óbito.

O penúltimo homicídio foi registrado às 5h16, na esquina das ruas Manicoré  com a Principal, na comunidade Nova Conquista, no bairro Tancredo Neves, na mesma Zona. Dean Lopes dos Santos, 26, foi atingido por várias facadas desferidas por um menor de idade.

De acordo com testemunhas, os dois bebiam em uma residência, localizada na mesma rua onde ocorreu o crime, quando se desentenderam e partiram para agressão corporal. O autor conseguiu pegar uma faca que estava na casa e desferiu os golpes fatais.

A vítima chegou a ser socorrida até o Hospital e Pronto-Socorro (HPS) Platão Araújo, mas morreu antes de dar entrada na unidade de saúde. O adolescente fugiu após o crime.

Morreu dentro de academia de Jiu-Jitsu

O adolescente Gleison Valcário de Moraes, 15, morreu na terça-feira (4) após ficar três dias internado no Hospital e Pronto-Socorro Dr. João Lúcio, na Zona Leste. Ele foi atingido por vários disparos enquanto praticava artes marciais em uma academia de Jiu-Jitsu, localizada na avenida Sete de Setembro, bairro Cachoeirinha, Zona Sul, no dia 1º de março.

De acordo com a polícia, um homem não identificado adentou o local e atirou contra o menor. O motivo do crime não foi informado.

Zona Oeste com um registro

Anderson dos Santos Rodrigues, 21, foi morto com várias facadas pelo corpo na rua França Júnior (Antiga Matos Areosa), no bairro da Compensa II, na Zona Oeste de Manaus.

O crime ocorreu por volta das 22h de terça-feira (4). A polícia ainda não tem pistas sobre os assassinos e investiga o caso que foi registrado no 19º Distrito Integrado de Polícia (DIP).

Outro caso foi registrado na Zona Norte

Mizael Ramos de Oliveira, 21, também foi comemorar o carnaval e não voltou para casa com vida. Na noite desta terça-feira, ele e amigos foram para a Banda dos Dominados, no bairro Nova Cidade, Zona Norte da cidade, e foi morto com um tiro na cabeça.

De acordo com a assessoria de imprensa da Polícia Civil do Amazonas, Mizael foi morto rua Angélia Cruz (antiga Principal Três) e o corpo removido pelo IML por volta das 21h53 da terça-feira. O motivo do crime não foi informado pela polícia.

Ex-PM na lista de mortes

O ex-cabo da Polícia Militar Marcelo Teixeira Gonçalves, 42, foi morto com seis tiros pelo corpo na rua Genésio Cavalcante, bairro Amazonino Mendes II, na Zona Norte.

Segundo a Polícia Civil, a vítima estava sentada na frente da casa de um amigo quando um homem, não identificado, chegou atirando. Marcelo foi atingido por seis tiros, sendo um no rosto, outro na cabeça e o restante no peito. Ele não resistiu aos ferimentos e morreu no local.

Familiares informaram a nossa equipe de reportagem que o ex-policial trabalhava como motorista da empresa de transporte público União Cascavel e havia sido exonerado da corporação militar há seis anos.

No site do Tribunal de Justiça do Amazonas consta dois processos contra Marcelo, um processo administrativo e outro inquérito por roubo previsto no artigo 157. Mais informações sobre a exoneração e motivo pela qual respondia os processos não foram informadas pela assessoria da Polícia Militar do Amazonas (PMAM), pois, o setor administrativo está fechado por causa do feriado de carnaval.