Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Segundo jogo da Copa do Mundo em Manaus é marcado pela tranquilidade

O público que foi a arena pode, novamente, contar com um esquema de trânsito e transporte que garantiram uma chegada tranquila ao estádio

A Prefeitura de Manaus manteve toda estratégia adotada no primeiro jogo

A Prefeitura de Manaus manteve toda estratégia adotada no primeiro jogo (MARIO OLIVEIRA/SEMCOM)

A Arena da Amazônia recebeu 39.982 pagantes, nesta quarta-feira, 18, para ver a goleada da Croácia sobre Camarões. O público que foi a arena pode, novamente, contar com um esquema de trânsito e transporte que garantiram uma chegada tranquila ao estádio.

A Prefeitura de Manaus manteve toda estratégia adotada no primeiro jogo e de acordo com o diretor de trânsito do Instituto Municipal de Engenharia e fiscalização do Trânsito (Manaustrans), Stanley Ventilare, a população entendeu todas as interdições realizadas e não houve transtornos.

“A população já está ciente de nossa operação e dos pontos de interdição. Por isso, tudo fluiu mais tranquilo. Muitos torcedores optaram pelo transporte público e os que vieram de carro usaram os estacionamentos privados próximos à Arena”, esclareceu.

Na área do transporte público, a Superintendência Municipal de Transportes Urbanos (SMTU), disponibilizou linhas especiais com ônibus diretos para a arena saindo de cinco pontos espalhados na cidade.

Mais de 2,3 mil pessoas utilizaram os ônibus que saíram do estacionamento da Sefaz, Praça da Matriz, Povos da Amazônia, Aeroporto e Praça da Saudade via Praça São Sebastião.

Na Avenida Djalma Batista o trânsito estava liberado somente para o transporte público possibilitando que os torcedores desembarcassem próximo a arena.

Foi o que fez o torcedor John Elton, que preferiu ir de ônibus ao jogo embarcando no Terminal 3 na Cidade Nova. “Foi um trajeto supertranquilo e confortável. Vim de ônibus e ainda fiquei bem próximo do estádio”, explicou.

A SMTU também disponibilizou o sistema Transporta para cadeirantes e idosos que atendeu a 200 pessoas. Quem ia de carro podia estacionar Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (Aleam) e seguir de micro-ônibus até arena.

O torcedor José Barbo sa foi acompanhado de sua esposa e utilizou o transporta pela segunda vez. “Já no outro jogo também fizemos o mesmo, para nós é excelente”, disse o torcedor.

A esquina das avenidas Djalma batista com Pedro Teixeira foi outro ponto do transporta. O cadeirante Ricardo Sales elogiou muito o sistema de transporte comparando com algo de primeiro mundo.

“Sensacional, descobri isto quando vim no primeiro jogo e aprovo essa atitude, me sinto um privilegiado na minha própria cidade”, destacou.

Limpeza Pública

A Secretaria Municipal de Limpeza e Serviços Públicos (Semulsp) implantou nas avenidas Constantino Nery e Pedro Teixeira, 22 big bags para ajudar na coleta de lixo no entorno da Arena da Amazônia. O subsecretário da Semulsp, José Rebouças, informou que a implantação dos sacos coletores veio para adequar cada vez mais os serviços de limpeza no entorno da Arena. "A ideia é nos aprimorarmos cada vez mais e deixarmos a cidade durante e depois dos jogos cada vez mais limpa", afirmou.

De acordo com Rebouças, além dos big bags a limpeza segue com o auxílio de 22 catadores e mais 60 colaboradores da Semulsp. Trinta deles atuam antes e durante a realização dos jogos e os demais entram em ação logo após o término da partida.

*Com informações de assessoria de comunicação.