Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Oito vítimas de acidente foram enterradas sob forte comoção neste domingo (30)

A solenidade fúnebre aconteceu entre as 9h e 11h nos cemitérios Parque de Manaus, Nossa Senhora Aparecida e São João Batista

Oito vítimas de acidente foram enterradas sobre forte comoção neste domingo

Oito vítimas de acidente foram enterradas sobre forte comoção neste domingo (Antônio Menezes)

O último adeus foi dado por familiares e amigos às oito vítimas do acidente, entre um micro-ônibus e uma caçamba na sexta-feira (28), durante o sepultamento na manhã deste domingo (30). A solenidade fúnebre aconteceu entre as 9h e 11h nos cemitérios Parque de Manaus, Nossa Senhora Aparecida e São João Batista, localizados nas Zonas Oeste e Centro-Sul respectivamente.

Quésia Guedes de Souza e o filho dela Luis Miguel Guedes de Souza, além de Tânia Maria da Rocha e Adriane da Silva Fernandes foram enterrados no Cemitério Parque de Manaus, no bairro do Tarumã, sob forte comoção e homenagens de parentes e amigos que estiveram no local.


O filho de Tânia Maria, Carlos Henrique, 33, precisou ser amparado por colegas durante o funeral. Segundo familiares, desde que soube da morte da mãe, ele está sob efeito de remédios e não tem falado.

“Ele está muito abalado com a morte da mãe. Tânia era muito querida pelos amigos, vizinhos e parentes. Ela tinha uma alma caridosa. Desde que trabalhava em uma fábrica de brinquedos, que ela ajudava os vizinhos. Seja arrumando emprego para as pessoas ou até mesmo com ajuda financeira. Foi uma tragédia, que será difícil de superar”, declarou uma das vizinhas emocionada e que preferiu não se identificar.

O motorista da caçamba Ozaías Costa de Almeida foi enterrado por volta das 11h, uma sepultura na frente do motorista do micro-ônibus Robert da Cunha Moraes. Os familiares e amigos de ambos se uniram em um único pranto durante a despedida e deixaram flores e mensagens sobre os caixões. Sobre o de Robert a família colocou a bandeira do Corinthias, time que torcia, e cantaram o hino oficial do clube, finalizado por uma salva de palmas.


Os corpos do casal Clarice Gomes Pires e João Jorge Duarte Pires, que estava com viagem marcada para o dia seguinte ao acidente, foram enterrados ainda pela manhã no Cemitério São João Batista, localizado na avenida Boulevard Álvaro Maia, bairro Adrianópolis, na Zona Centro-Sul da capital amazonense.

Sebastião Alves de Araújo será sepultado na tarde deste domingo, às 15h, e Ricardo Oliveira dos Santos, às 16h, no Cemitério Nossa Senhora Aparecida.

Acidente

O grave acidente envolvendo uma caçamba e um micro-ônibus da linha 825 deixou 15 mortos e 17 feridos na noite da última sexta-feira (28), na avenida Djalma Batista, Zona Centro-Sul da capital, ao lado do viaduto Ayrton Senna.

O caminhão de cor branca e placas OAJ-8863, que prestava serviços terceirizados para a Prefeitura de Manaus e vinha no sentido bairro/Centro, colidiu de frente com micro-ônibus, de placas NOL-0286, que vinha no sentido Centro/bairro.

O acidente comoveu a população que vive em Manaus. Centenas de pessoas foram até a Fundação de Hematologia e Hemoterapia do Amazonas (Hemoam) durante o dia de sábado (29) e fizeram doações de sangue as vítimas internadas no Hospital e Pronto-Socorro 28 de agosto e HPS Dr. João Lúcio. As doações registram o recorde de atendimento de coleta no órgão.


Na noite do mesmo dia, ao completar 24 horas da tragédia, aproximadamente 500 estiveram no local do acidente durante uma mobilização que visou homenagear as vítimas e os seus familiares. Os populares fizeram um minuto de silêncio, oraram e cantaram unidos. Flores e velas foram deixadas no meio fio da via pública. A ação contou com o apoio de agentes de trânsito, polícia e servidores da Prefeitura Municipal de Manaus.

Confira galeria de imagens aqui.

*Com informações da repórter Joana Queiroz