Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Inscrições para processo seletivo da AADES começam nesta segunda-feira

A Agência Amazonense de Desenvolvimento Econômico e Social está ofertando 69 vagas de cargos temporários de nível médio e superior

A partir desta segunda-feira (14) serão iniciadas as inscrições para o processo seletivo simplificado da Agência Amazonense de Desenvolvimento Econômico e Social (AADES). Ao todo, 69 vagas temporárias para nível superior e médio estão sendo ofertadas para o projeto Viver Melhor – Habitação. A remuneração varia de R$ 1,4 mil a R$ 2,5mil. As inscrições são gratuitas e vão até terça-feira (15), no endereço eletrônico.

Os cargos de nível superior são para Analista Administrativo, com ênfase em Serviço Social (duas vagas); em Psicologia (2); em Administração (1); e em Arquitetura (1); além de 30 vagas para assistente social e 30 para fisioterapeuta. Há ainda três vagas para assistente administrativo de nível médio. O edital foi publicado no Diário Oficial do Estado (DOE), edição da última segunda-feira (07) e também está disponível no endereço eletrônico.

“A seleção consistirá da análise e pontuação das informações prestadas no Formulário de Inscrição, disponível no endereço eletrônico, considerando a somatória total da titulação, dos cursos de aperfeiçoamento e atualização e da experiência profissional, conforme pontuação estabelecida no Edital do processo seletivo”, explica a presidente da AADES, Ana Paula Machado Andrade de Aguiar. O resultado preliminar do processo seletivo será divulgado no dia 24 deste mês.

Segundo Ana Paula, a AADES atua na elaboração de projetos sociais e econômicos do Governo do Estado. “Já estamos executando os programas de Humanização das Unidades de Saúde e dos Centros de Convivência da Família e estamos à disposição para outras parcerias, inclusive com prefeituras municipais”, acrescenta.