Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Em Manaus, UnATI terá nova sede para ampliação de atividades voltadas aos idosos

UnATI possui cerca de 20 profissionais. Obras foram iniciadas em novembro de 2013 e conclusão está previsa para o segundo semestre de 2014, segundo a UEA

UnATI iniciou suas atividades em 2007 com um total de 270 alunos e atualmente possui cerca de 1.900

UnATI iniciou suas atividades em 2007 com um total de 270 alunos e atualmente possui cerca de 1.900 (Winnetou Almeida/AC)

A Universidade Aberta da Terceira Idade (UnATI), da Universidade do Estado do Amazonas (UEA), terá nova sede a partir do segundo semestre deste ano, em Manaus. A nova estrutura vai permitir melhoria na atenção aos idosos e a ampliação do número de vagas nos cursos e nas demais atividades promovidas pela UnATI. A UnATI já conta com um total de 1.900 alunos.

Segundo o diretor da instituição, Euler Ribeiro, a ampliação das atividades vai permitir a realização de concurso público para a contratação de professores. A expectativa é que as obras sejam concluídas em agosto deste ano. A nova estrutura está sendo construída no Centro de Convivência da Família Magdalena Arce Daou, no bairro Santo Antônio, em Manaus.

A sede contará com espaço de salas de aula, mini auditório, salas multiuso, sala de música, laboratório de informática, sala de leitura, sala de reunião, consultórios, sala das coordenações, secretaria, CPD e recepção, entre outros. A UnATI iniciou suas atividades em 2007 com um total de 270 alunos. Atualmente já conta com um total de 1.900 alunos matriculados.

“Um diferencial é que atuamos em todos os Centros de Convivência da Família. Além das atividades direcionadas exclusivamente aos idosos, também oferecemos cursos de pós-graduação na área de Gerontologia”, afirmou.

Segundo o diretor da UnATI, Euler Ribeiro, a obra representa a conquista de uma sede própria e a expansão das atividades por meio da criação da Fundação Universidade Aberta da Terceira Idade (FunATI). O projeto está em fase de encaminhamento por meio do Governo do Estado para a Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (ALE-AM).

“A UnATI é a primeira universidade na América Latina voltada para o envelhecimento saudável. Além disso, é a representante da área pan americana voltada para o envelhecimento. Hoje, a instituição possui cursos na área da extensão com 60 cursos de 60 horas. Isso qualifica os idosos para atuarem da melhor forma na sociedade”, afirmou.

Os recursos para a construção da nova sede da UnATI no bairro Santo Antônio, em Manaus, são provenientes do Governo. As obras foram iniciadas em novembro de 2013.

A UnATI possui cerca de 20 profissionais, além do quadro de colaboradores da instituição composto de bolsistas da área de Medicina, Artes e entre outras. “O intuito é chamar a sociedade para a responsabilidade, e para a maior atenção a população acima de 50 anos. No futuro, só haverá pessoas idosas e por isso temos que ter essa responsabilidade. A construção do novo prédio contribuirá para a maior atenção a esse público”, afirmou.

*Com informações da assessoria