Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Em Manaus, quadrilha especializada em golpe 'saidinha de banco' é presa pela polícia

Dos seis homens, quatro já tinham passagem pela polícia. Grupo foi preso quando se preparava para mais um crime, segundo a polícia

Quadrilha foi apresentada na Derfd na tarde desta segunda-feira (14)

Quadrilha foi apresentada na Derfd na tarde desta segunda-feira (14) (Jhonny Lima)

Uma quadrilha especializada na prática de roubos em saídas e chegadas de bancos foi presa pela polícia no último sábado (12) e apresentada nesta segunda-feira (14) na Delegacia Especializada em Roubos, Furtos e Defraudações (Derfd), na Zona Centro-Oeste. Antonildo Nunes Franco, 37; Atailton Auzier, 25; Stanley Augusto Corrêa Trajano, 20; Bruno da Silva Carvalho, 25; Jhonatan Paiva Costa, 18; e Enedino Barroso Neto, 36, foram presos em flagrante.

Na ação, a polícia interveio o grupo quando tentaria fazer mais uma vítima em frente à feira da Betânia, Zona Centro-Sul. No local, um comerciante – que não teve a identidade revelada - saía em posse de uma determinada quantia em dinheiro quando foi feita a abordagem pela polícia. De acordo com policiais da Derfd, um dos integrantes da quadrilha, Enedino, foi o responsável por fornecer as informações sobre a vítima pois os dois homens se conheciam.

Segundo Orlando Amaral, delegado titular da Derfd, a quadrilha pode ser considerada de alta periculosidade. “A maioria já tem passagem pela polícia por roubo e três deles são foragidos. Além de crimes em saidinhas de banco, eles também atuavam roubando estabelecimentos comerciais”, revelou.

Durante o flagrante também foi apreendido um veículo Ágile prata de placas NOT-2067, duas motos roubadas de modelos Titan vermelha (JXU-6191) e CB 300 vermelha (OAF-9597), além de dez celulares e uma pistola PT 40.

O grupo foi atuado em flagrante pelos crimes de roubo majorado, formação de quadrilha e posse ilegal de arma de fogo. Os indivíduos serão encaminhados à Cadeia Pública Raimundo Vidal Pessoa e devem ficar à disposição da Justiça. Ainda de acordo com Amaral, a quadrilha era investigada há dois meses. 

*Com informações da repórter Joana Queiroz