Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Manaus começa a receber nova sinalização turística para Copa

Ao custo de R$ 297.484,73, a sinalização será em português, inglês e em braile em mais de 200 paradas de ônibus. Também serão colocados 89 totens nos corredores do BRS e em paradas de ônibus convencionais

A instalação das placas não tem data prevista para ser concluída

A instalação das placas não tem data prevista para ser concluída (Divulgação)

A cidade de Manaus começou a ganhar nesta terça-feira (29) sinalização turística bilíngue (português e inglês) e em sistema braile. Para o poder público, a iniciativa vai propiciar maior informação aos turistas que visitarem a capital amazonense na Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014™.

Mais de 200 paradas de ônibus e plataformas do BRS (Bus Rapid System) receberão totens com informações turísticas, nas avenidas Santos Dumont, Torquato Tapajós, Constantino Nery, Djalma Batista e Lóris Cordovil, completando o Quadrilátero da Copa.

Além dos idiomas inglês e português e o sistema braile, a tecnologia de código 2D e QR code irá direcionar o turistas para informações mais abrangentes sobre o pontos turísticos da cidade como localização, histórico e curiosidades de cada local.

O diretor-presidente da Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult), Bernardo Monteiro de Paula, cita que já foram feitos investimentos para o Mundial como cartões postais da cidade, com imagem do Mercado Adolpho Lisboa e do Complexo Turístico da Ponta Negra, onde será realizada a FIFA Fan Fest™.

Outros investimentos, como a capacitação de profissionais do município que atuarão no atendimento ao turista, também foram assegurados com a implantação do programa Bolsa Idiomas, que segundo a prefeitura já capacitou centenas de profissionais.

Segundo a secretária estadual de Turismo, Oreni Braga, a sinalização turística é tão importante para a cidade quanto a limpeza publica e a segurança. “Uma cidade turística não pode viver sem sinalização. Essa sinalização não só traz informação, mas também a possibilidade do povo conhecer nossos atrativos turísticos”, observou Braga.

“Esses investimentos para preparar a cidade para a Copa do Mundo serão um legado positivo para que possamos receber anualmente turistas na cidade. Manaus só será realmente boa para o turista se for boa para o cidadão que vive aqui e essa sinalização é mais um investimento importante para guiar as pessoas”, completou.

O governador do estado, José Melo, avaliou como essencial a parceria com a prefeitura para a preparação da cidade para o Mundial. “O prefeito Arthur não poupou esforços para adequar a cidade e prepará-la para a Copa do Mundo e viabilizou a aceleração de processos junto aos órgãos municipais para que a sinalização turística se tornasse realidade”, disse.

Todo o trabalho de sinalização e instalação dos totens está previsto para ser concluído antes mesmo do primeiro jogo na capital amazonense, entre Inglaterra e Itália, no dia 14 de junho, na Arena da Amazônia Vivaldo Lima, mas sem data de entrega exata.

Totens nas paradas

Os totens serão fixados nas paradas do transporte público e terão 2,30 metros de altura. Cada ponto de ônibus terá as informações acessíveis às zonas mais próximas tanto para quem embarcar quanto para quem desembarcar em determinado local.

Além dos atrativos da cidade, também haverá conteúdo relacionado à infraestrutura, saúde (hospitais e pronto atendimento), segurança (delegacias e postos de atendimentos) e demais serviços.

As placas terão cores padronizadas com pictogramas internacionais, que são ícones gráficos simplificados que permitem a identificação de determinado conceito, para facilitar a assimilação dos usuários e as diretrizes técnicas das normas e demais especificações do Código de Trânsito Brasileiro e do Ministério do Turismo.

A sinalização deverá permitir a orientação dos usuários regulares do transporte público e visitantes até o destino desejado, de maneira eficiente e segura, com base em informações precisas e confiáveis, conforme a Prefeitura de Manaus.

“A necessidade de implantação desses totens é emergencial, não só devido à Copa do Mundo, mas para adequar Manaus às novas propostas da gestão municipal. Precisamos colocar nossa cidade à altura do novo ciclo de visibilidade internacional e econômico que estamos vivendo, ajustando-a as novas exigências mundiais”, disse Monteiro de Paula.

Primeira etapa

A primeira etapa do projeto contempla a implantação de 89 totens nos pontos de BRS, sendo 42 deles nos corredores das avenidas Constantino Nery, Torquato Tapajós, Max Teixeira, Noel Nutels, Camapuã, Autaz Mirim e Alameda Cosme Ferreira.

Os outros 47 totens serão alocados nas paradas de ônibus do terminal central e ao longo das avenidas Floriano Peixoto, Leonardo Malcher, Tapajós, Epaminondas, Getúlio Vargas, Dom Pedro, Turismo, Santos Dumont e Djalma Batista. Até o segundo semestre deste ano, as demais placas serão fixadas em todas as zonas da cidade.

Custo e parcerias

O valor total do projeto nas paradas de ônibus é de R$ 297.484,73, com recursos do Ministério do Turismo e repassado pela Empresa Estadual de Turismo (Amazonastur). Além deste sistema, Manaus deverá receber sinalização aérea e vertical bilíngüe – de estrutura ainda não especificada pela prefeitura – que será executado pela Amazonastur e Manaustrans.

O projeto foi idealizado e desenvolvido pela Manauscult em parceria com a Superintendência Municipal de Transportes Urbanos (SMTU); o Instituto Municipal de Ordem Social e Planejamento Urbano (Implurb), responsável pelo direcionamento das dimensões dos totens; o Instituto Municipal de Engenharia e Fiscalização do Trânsito (Manaustrans); a Secretaria Municipal do Centro (Semc), e Secretaria de Estado da Cultura (SEC).