Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Médico é autuado por dirigir sob efeito de álcool pela segunda vez em dois meses

Funcionário da Fundação Cecon, Bernardes Leite de Oliveira, de 43 anos, já respondia a um processo de suspensão da CNH; agora, ele será indiciado criminalmente a pedido do Detran-AM

O exame do bafômetro registrou 0,96 mg de álcool por litro de sangue em Bernardes, quantidade três vezes maior do que o limite para instaurar processo administrativo

O exame do bafômetro registrou 0,96 mg de álcool por litro de sangue em Bernardes, quantidade três vezes maior do que o limite para instaurar processo administrativo (Divulgação)

As blitze do Departamento Estadual de Trânsito do Amazonas (Detran-AM) na madrugada deste domingo (1º) resultaram em 15 flagrantes de condutores alcoolizados em Manaus, sendo que dois deles acabaram presos, por apresentar níveis de álcool acima dos 0,34 miligramas por litro de sangue, quantidade considerada como de grande risco para acidentes fatais.

Um deles foi o médico e funcionário da Fundação Cecon Bernardes Leite de Oliveira, de 43 anos, que já respondia a um processo anterior de suspensão da CNH (Carteira Nacional de Habilitação), pela mesma infração, há cerca de dois meses. Tanto por ser reincidente quanto pela quantidade de álcool detectada no sangue de Bernardes (0,96 miligramas, ou seja, quase o triplo do limite máximo admitido para processos administrativos), o Detran-AM informou que irá pedir a cassação imediata do documento, além do indiciamento criminal do motorista.


A autuação ocorreu na Av. Coronel Teixeira, na Ponta Negra, Zona Oeste de Manaus. No momento do exame do bafômetro, o médico estava acompanhado da namorada, mas, ao chegar ao 19º DIP para registrar o flagrante, a esposa de Bernardes foi ao local e iniciou uma discussão com a outra mulher. Ambas tiveram de ser retiradas da delegacia. O motorista pagou uma fiança de 5 mil reais e irá responder ao novo processo em liberdade. Ele ainda pode entrar com recurso junto ao diretor do Detran-AM, Leonel Feitoza, à Junta Administrativa de Recursos de Infrações (JARI) do próprio órgão e, por fim, ao Conselho Estadual de Trânsito (Cetran). O carro de Bernardes, um Mitsubishi, de placa OAN 9422 (foto abaixo), foi recolhido ao parqueamento do Detran. A informação de que o médico daria plantão neste domingo na FCecon não foi confirmada pela instituição.


O segundo motorista preso em flagrante nesta madrugada foi José Natalino Gimaque. Ele foi detido na loja de conveniência do posto Atem, localizado na avenida Timbiras, na Cidade Nova, zona norte da cidade. O teste de alcoolemia dele apontou 0,49 miligramas de álcool por litro de ar. Ele foi conduzido ao 6° DIP, onde foi flagranteado e indiciado por crime de trânsito.

Balanço parcial em Manaus

Além dos flagrantes de embriaguez, entre a madrugada de sábado e a manhã de domingo, o Detran-AM lavrou 63 autos de infração e apreendeu 22 veículos, sendo 10 carros de passeio e 12 motocicletas. Também apreendidos 21 Certificados de Registro de Licenciamento Veicular (CRLV) e 19 Carteiras Nacional de habilitação (CNHs). Ainda durante a operação foi apreendido um veículo roubado, uma picape modelo Strada, de placa NOM 4944.

Na manhã deste domingo (1º), dois acidentes foram registrados na cidade: uma colisão entre um caminhão e um carro, modelo Gol, que resultou na hospitalização do condutor deste último, na Av. Camapuã, próximo ao Terminal 4, no São José, Zona Leste de Manaus, e outro entres dois veículos de passeio, um Fiat Uno e um Ford EcoSport, números de placa desconhecidos, na Av. 7 de Setembro, no Centro. Uma ambulância do Samu chegou a transportar um dos motoristas, mas o seu estado de saúde ou o hospital não foram divulgados pelo Manaustrans.

Festa do Cupuaçu

No município de Presidente Figueiredo, as equipes de Educação de Trânsito e de Fiscalização se dividiram entre a Cachoeirinha do Urubuí e estrada de Balbina.  Dez veículos foram atuados, quatro motoristas tiveram o carro apreendido por estarem dirigindo sem habilitação e outros dois por estarem sem os documentos de porte obrigatório do veículo. Também houve um flagrante de motoristas dirigindo com a CNH vencida e outros dois com o licenciamento do veículo em atraso. Um proprietário de veículo foi atuado por entregar direção a pessoa não habilitada – no caso, o filho menor de idade –, e outro por transportar passageiros no compartimento de carga.

* Com informações da assessoria de comunicação do Departamento Estadual de Trânsito do Amazonas (Detran-AM).