Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Família vai presa em Manaus após moradores denunciarem homem portando arma de fogo pelas ruas

Um homem estaria trafegando nas ruas do bairro Armando Mendes com uma arma de fogo em punho. Moradores denunciaram à polícia uma “boca de fumo” e seis pessoas foram presas, alguns deles membros de uma família

O grupo foi capturado em flagrante por policiais da 25ª Cicom

O grupo foi capturado em flagrante por policiais da 25ª Cicom (Divulgação)

Seis pessoas foram presas com drogas e armas de fogo dentro de uma residência no bairro Armando Mendes, na Zona Leste de Manaus, na noite deste domingo (6), após moradores denunciarem à polícia que um homem estaria trafegando pelas ruas do bairro portando uma arma de fogo. A casa denunciada era uma “boca de fumo”, e no local estavam membros de uma mesma família.

José Raimundo Fonseca Caldeira, 50, Luzia Ramos Caldeira, 57, José Raul Caldeira do Amor Divino, 35, Cláudio Ferreira da Silva, 28, Gillyan Prestes Vieira, 21, e Juliana Santos Souza, 23, estavam dentro de uma casa na rua D do bairro Armando Mendes quando foram presos em flagrante por militares policiais da 25ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom).

Os PMs receberam denúncia de que o homem que portava arma de fogo enquanto andava pelas ruas era integrante de um grupo de traficantes que morava naquela residência. Em frente à casa denunciada, foi encontrada uma motocicleta roubada e, por isso, os PMs entraram no recinto. Na casa havia 500 gramas de droga em oxi, pasta base de cocaína e cocaína em pedra.

Também foi encontrada no local uma balança de precisão, material para misturar e embalar droga, um carregador e quatro munições de pistola, celulares, aparelhos eletrônicos e um uma pistola 765, possivelmente a que o homem portava pelas ruas. Sem resistir à prisão, eles foram levados ao 9º Distrito Integrado de Polícia, onde foram autuados por tráfico de drogas e seguirão para cadeia.

*Com informações da repórter Girlene Medeiros