Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Micro-ônibus perde o controle, atropela duas pedestres e mata uma no bairro Grande Vitória

Uma delas morreu no local e outra ficou gravemente ferida. Este foi o quinto acidente de trânsito com gravidade que ocorreu em Manaus, nesta sexta-feira (18)


Micro-ônibus atropela duas pedestres na Zona Leste de Manaus

Micro-ônibus atropela duas pedestres na Zona Leste de Manaus (Trânsito Manaus)

A sexta-feira Santa (18) foi marcada por acidentes de trânsito em Manaus. Um micro-ônibus lotação da cooperativa Cooptram placa JXS-0087, de nº 0507124-C, perdeu o controle e atropelou duas pessoas, por volta das 17h, na rua Iraque, bairro Grande Vitória, Zona Leste de Manaus. Carolina Torres, 33, morreu no local, Vânia da Silva foi levada para o Hospital João Lúcio em estado grave.

O condutor do veículo, Ismael Aragão Nogueira se apresentou durante a noite no 9º Distrito Integrado de Polícia (DIP), também na Zona Leste juntamente com o advogado da cooperativa.

Ele e Erivaldo Silva Marques, o cobrador, foram escoltados do local do acidente por policiais militares da 4º Companhia Interativa Comunitária (Cicom) por perigo de linchamento por parte dos moradores do bairro.


De acordo com Marques, o motorista foi buscá-lo em casa para consertarem a lanterna do micro-ônibus. “Ele [Ismael] estacionou e foi me chamar. Quando entramos no ônibus de novo o veículo começou a descer de ré ladeira abaixo até bater no muro da casa. Só vi os corpos quando saímos para ver o estrago”, disse o cobrador que aguardava para prestar depoimento no 14º Distrito Integrado de Polícia (DIP) no bairro São José, onde estava com um membro da Cooptram, Manuel Ohigson Lira da Silva.

De acordo com Manuel, os veículos da cooperativa passam por manutenção de três em três dias e que o veículo envolvido no acidente estava proibido de rodar em serviço, por conta da lanterna traseira quebrada. “O ônibus passou por uma blitz ontem (quinta-feira, 17) e ia ser ajeitado hoje”, disse Manuel, que ainda esclareceu que Ismael é permissionário da cooperativa e era habilitado para conduzir veículos de grande porte. “Ele tem categoria D, trabalha conosco faz pouco tempo. Não dá para dizer ainda o quer aconteceu”, finalizou.