Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Micro-ônibus executivo que fazia retorno em canteiro central é apreendido pela SMTU

No fim de semana o veículo teve uma foto circulando pelas redes sociais da Internet que o flagrava fazendo retorno por cima do canteiro central na Av. Ephigênio Salles, o que motivou o órgão a apurar as denúncias

Veículo flagrado fazendo retorno por cima do canteiro central na Av. Ephigênio Sales, motivou a SMTU a apurar as denúncias

Veículo flagrado fazendo retorno por cima do canteiro central na Av. Ephigênio Sales, motivou a SMTU a apurar as denúncias (Divulgação/ Trânsito Manaus)

A Superintendência Municipal de Transportes Urbanos (SMTU) apreendeu na manhã desta segunda-feira (2), o micro-ônibus executivo de série 100805, por estar em más condições de tráfego e documentação atrasada.

No fim de semana, este mesmo ônibus teve uma foto circulando pelas redes sociais da Internet que o flagrava fazendo retorno por cima do canteiro central na Av. Ephigênio Salles, o que motivou a SMTU a fazer uma blitz para apurar as denúncias.

O executivo encontra-se no parqueamento da SMTU e somente será liberado após o pagamento de multa no valor de 31 UFM´s (R$2.313,00) e ter as irregularidades corrigidas.

Licitação

O serviço de transporte executivo está sendo regulamentado pela Prefeitura de Manaus e será licitado nos próximos meses.

Já foram publicados a Lei e o Decreto de Regulamentação da modalidade e está em trâmite na Câmara Municipal de Manas (CMM) a Lei Autorizativa, conforme determinação do Art. 177 da Lei Orgânica de Manaus (Loman).

Depois da Lei Autorizativa, serão realizadas as audiências públicas, onde técnicos da SMTU irão apresentar como os serviços serão prestados à população e estarão atentos às sugestões para elaboração do projeto básico.

Conforme a Lei das Licitações n.º 8.666/93, após as audiências públicas, a SMTU terá uma prazo mínimo de 15 dias para o lançamento dos editais de licitação.

O superintendente da SMTU, Pedro Carvalho, ressalta que a licitação visa melhorar a prestação do serviço do transporte executivo.

“Após a licitação a Prefeitura terá condições de exigir dos permissionários a circulação apenas de ônibus novos que ofereçam conforto aos usuários. Além disso, terão que seguir estritamente as determinações da SMTU caso contrário sofrerão as penalidades previstas na Lei”, afirmou o Pedro Carvalho.

Conduta não autuada

Segundo o Instituto Municipal de Engenharia e Fiscalização do Trânsito (Manaustrans), apesar da conduta ter sido irregular, o condutor não foi multado pela manobra, pois o órgão só pode aplicar a multa se um agente presenciar o ato ou a conduta. 

O Manaustrans informou ainda que os agentes de fiscalização estão habilitados para multarem os condutores que fazem esse tipo de manobra irregular.

Com informações da assessoria de comunicação