Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Mobilização em memória de 15 vítimas pede paz no trânsito em Manaus

Iniciativa partiu da página 'Trânsito Manaus', do Facebook. Concentração ocorre na avenida Djalma Batista, embaixo do viaduto Ayrton Senna, mesmo local onde colisão de microônibus e caçamba e conta com mais de 400 pessoas

Velas foram acesas em homenagem aos mortos e feridos

Velas foram acesas em homenagem aos mortos e feridos (Euzivaldo Queiroz)

Uma mobilização organizada pela página ‘Trânsito Manaus’, do Facebook, reuniu neste sábado (29) a população de Manaus com o objetivo de fazer um minuto de silêncio em memória das 15 vítimas mortas no acidente entre um microônibus e uma caçamba na avenida Djalma Batista, Zona Centro-Sul de Manaus, além de pedir paz no trânsito. O evento começou por volta de 19h30 embaixo do viaduto Ayrton Senna, local da tragédia, e contou com mais de 400 pessoas.

Uma oração, em favor das vítimas que ainda continuam internadas e aos familiares daqueles que perderam a vida no grave acidente, foi realizada por crianças e adultos que estiveram presentes no local. Durante todo o dia, pessoas deixaram buquês de flores para simbolizar luto pelo acidente que ainda tem seis pessoas hospitalizadas. Familiares e parentes de vítimas estiveram na mobilização e pediram mais educação no trânsito e leis mais duras das autoridades públicas, para que novos acidentes como este venham ser evitados.

De acordo com o administrador da página, Luís Eduardo, qualquer pessoa foi convidada a participar da homenagem.

“Deixamos uma flor no local hoje por volta de 8h30, porém imaginamos mais pessoas levando suas flores e desejando paz. O principal objetivo da mobilização é prestar solidariedade às famílias das vítimas”, disse.


Para a ocasião, algumas pessoas puderam ir vestidas de branco, cor símbolo da paz, além de levar cartazes, acender velas e fazer orações. O silêncio coletivo está marcado para as 20h e o trânsito no local, segundo Luís, não deve ser comprometido. “Eu visitei o local e vi que existe espaço. Não pedimos auxílio do Manaustrans, mas estamos fazendo o possível para que o trânsito não chegue perto do que ficou ontem”, afirmou.

Susto

Com mais de 112 mil seguidores, a página ‘Trânsito Manaus’ fornece em tempo real informações sobre o trânsito na cidade. Luís contou ao ACRÍTICA.COM sobre o grande número de dados enviados pelos internautas no momento do acidente. “Estava em uma palestra na Uninorte e meu celular não parava de tocar. Tive que pedir licença para poder ver o que as outras pessoas falavam”, contou.

Na primeira postagem com foto da colisão, cerca de 3.163 pessoas compartilharam a informação publicada pela página. “As pessoas queriam saber sobre o acidente, o número de mortos e feridos, e nós tentamos falar pouca coisa. É muito complicado, pois a página tem a finalidade de informar sobre o trânsito e de repente tivemos a responsabilidade de esclarecer a fatalidade”, explicou.

Doação

Neste sábado, mais de 574 pessoas estiveram na Fundação de Hematologia e Hemoterapia do Amazonas (Hemoam), localizado na avenida Constantino Nery, bairro Chapada, Zona Centro-Sul, para realizar doação de sangue aos feridos no acidente. Segundo o órgão, a ação voluntária já é considerada o recorde de doações registradas. 

Veja a galeria de imagens clicando aqui