Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Morre a jornalista Maria Fernanda Souza

Maria Fernanda Souza, 30, foi vítima de um acidente doméstico, quando caiu de uma escada, na noite de segunda-feira (23), vindo a ter a morte cerebral decretada nesta terça-feira (24)

Jornalista Maria Fernanda Souza

Jornalista Maria Fernanda Souza (Reprodução/ Facebook)

A jornalista Maria Fernanda Souza, 30, teve morte cerebral, depois de sofrer um acidente doméstico na escada do condomínio onde morava, localizado no bairro São Jorge, Zona Oeste de Manaus, na segunda-feira à noite (23).

Ela foi atendida pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e encaminhada na madrugada para o Hospital Pronto Socorro Dr. João Lúcio Pereira Machado, cuja equipe médica atestou a gravidade do trauma e decretou sua morte cerebral horas depois, de acordo com nota emitida pela Prefeitura.

Maria Fernanda teve célebres passagens pelo JORNAL A CRÍTICA entre 2007 e 2009, onde escreveu matérias para a editoria de Cidades, tendo recebido o respeito e a admiração dos colegas por seu carisma e profissionalismo. Ela também trabalhou nas redações do Diário do Amazonas, Em Tempo e Agora. Em 2013, Maria Fernanda foi assessora da Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminf).

Mais recentemente, ela trabalhava como assessora de imprensa do vice-prefeito licenciado, Hissa Abrahão, que, em sua página pessoal, lamentou a partida prematura da jornalista: "Em momentos de profunda dor, como este, somos tentados a nos indagar o porquê e qual o sentido de uma perda tão abrupta e prematura de uma jovem que tinha toda uma vida pela frente. Mas posso garantir, enquanto alguém que já experimentou duas grandes perdas na vida, que tais arguições tendem a inebriar nossos sentidos e esmaecer nossa fé. É muito mais proveitoso, no entanto, agradecermos pelos dias em que tivemos o privilégio da companhia de nossa Fernandinha, que era, por trás daquela postura séria e circunspecta da excelente profissional que foi, uma menina doce, alegre, generosa e cheia de vida".

A Prefeitura se pronunciou através de uma nota de pesar, na noite desta terça-feira. "A notícia abalou a todos os amigos que ela deixou na prefeitura, que só guardam na lembrança a imagem de uma jovem comprometida com o trabalho e ao mesmo tempo alegre, de sorriso fácil, meiga e afetuosa". 

O velório de Maria Fernanda acontece na Funerária Almir Neves, localizada na rua Monsenhor Coutinho, Centro, Zona Sul, a partir das 6h. O enterro, previsto para as 11h, ocorrerá no cemitério São João Batista, que fica na Boulevard Álvaro Maia, bairro Adrianópolis, Zona Centro-Sul.