Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

  • EM DESTAQUE

  • Últimas
  • Polícia
  • Trânsito
  • Transporte Coletivo
  • Saúde
  • Economia
  • Política
  • Motorista do caminhão responsável por tragédia no Dom Pedro é preso

    PC registrou a prisão de Orlerino Siqueira Silva, de 49 anos, ainda no final da tarde de sexta; por dirigir sem a habilitação adequada, ele será encaminhado à Cadeia Pública Raimundo Vidal Pessoa

    O motorista ainda não teve o retrado divulgado; a prisão foi registrada no 10º DIP, na Alvorada

    O motorista ainda não teve o retrado divulgado; a prisão foi registrada no 10º DIP, na Alvorada (Winnetou Almeida)

    A Polícia Civil divulgou, neste sábado (19), o registro da prisão de Orlerino Siqueira Silva, de 49 anos, o motorista do caminhão que perdeu o controle e provocou a morte de três pessoas, durante a procissão da Sexta-Feira Santa, no Dom  Pedro, Zona Oeste de Manaus.

    O registro foi feito ainda no fim da tarde de ontem (18), no 10º Distrito Integrado de Polícia (DIP). Orlerino será indiciado por homicídio culposo (quando não há intenção de matar), por não possuir a habilitação necessária para dirigir caminhões. Ele contou em depoimento que houve pane no freio do veículo que saiu descendo a ladeira da rua Francisco Orellana, no Dom Pedro, e atropelando a procissão.

    Segundo o Departamento Estadual de Trânsito do Amazonas (Detran-AM), a carteira de habilitação de Orlerino é do tipo “B”, para carros de passeio, enquanto caminhões requerem habilitação do tipo “C”. O crime de homicídio culposo no trânsito, porém, é inafiançável, e Orlerino deverá ser encaminhado à Cadeia Pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa, no Centro de Manaus, nos próximos dias.

    Entenda o caso

    Um caminhão de som, que acompanhava a procissão da via sacra, perdeu o controle na ladeira em frente à Fundação Centro de Controle de Oncologia (FCecon), na rua Francisco Orellana, localizada no bairro Dom Pedro, Zona Oeste. Cleide Bastos Antela, 63, e Tânia Maria Magalhães Gomes, 52, morreram no local, e a terceira vítima, Luiza Maria dos Santos Cruz, 74, morreu a caminho do Serviço de Pronto Atendimento (SPA) do bairro Alvorada 1, naquela zona. Outros oito feridos foram encaminhados a hospitais de Manaus, dos quais três continuam internados.