Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Mototaxista é assassinado no bairro Tarumã com oito tiros e é socorrido pelo próprio pai

O crime foi presenciado por várias pessoas, inclusive pelo pai da vitima e aconteceu por volta das 4h30, em via pública. A vítima que trabalhava como mototaxista morreu na hora. Na manhã de deste domingo, as marcas de sangue ainda estavam no asfalto

O crime aconteceu na madrugada deste domingo (20) na zona Oeste de Manaus

O crime aconteceu na madrugada deste domingo (20) na zona Oeste de Manaus (Antônio Menezes)

O mototaxista William Nogueira Ferreira do Nascimento, 18, foi assassinado com oito tiros na madrugada deste domingo (20), quando voltava do posto de gasolina onde tinha ido abastecer a sua motocileta. O crime, que foi presenciado por várias pessoas - inclusive pelo pai da vitima, aconteceu na rua For de Santa Rita, na comunidade Riachuleo, bairro Tarumã, Zona Oeste de Manaus.

De acordo com os registro feito pela polícia, o crime aconteceu por volta das 4h30, em via pública e o mototaxista morreu na hora ao receber oito tiros. Na manhã de deste domingo, as marcas de sangue ainda estavam no asfalto e moradores do local ainda estavam abalados com o homicídio.

William era considerado por vizinhos da comunidade "um bom rapaz". Os mesmos relataram, ainda, que dois homens que estavam em uma motocicleta foram os autores dos disparos. Segundo testemunhas, os assassinos teriam seguido William desde o posto de gasolina, na comunidade Campos Sales, e o abordaram no local do crime, já efetuando os disparos. 

Populares socorreram a vítima enquanto os dois homens na motocicleta fugiram do local. O pai da de William teria presenciado o crime e nem imaginou que o próprio filho fosse a vítima, só percebendo quando tentou socorrê-lo junto com outros populares.

Um comerciante do local disse que conversou na tarde de sábado com a vítima. Segundo ele, William disse que estava feliz pois tinha conseguido um emprego e que ia começar a trabalhar nesta segunda-feira (21). Outros moradores disseram que a vítima não tinha envolvimento com crime. Porém, há informação de que ele estaria namorando uma moça que era ex-namorada de um traficante do bairro, e já tinha sido ameaçado de morte.

A ocorrência foi registrada pela 19ª Companhia Interativa Comunitária (cicom), que repassará os dados para a Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (Dehs), encarregada de investigar o caso.

Outro homicídio

Um outro homicídio também foi registrado neste fim de semana, desta vez, ainda na noite de sábado (19), por volta das 20h,. O maqueiro Thiêgo Araújo de Souza foi assassinado com um tiro na cabeça no bairro Alvorada 1, localizado na Zona Centro-Oeste da capital. A Polícia trabalha com a hipótese de acerto de contas com o tráfico de drogas.

A vítima já tinha passado pelo sistema penitenciário, suspeito de tráfico de drogas. Para a família, Thiêgo caiu em uma emboscada. O marqueiro morava na rua 3 do conjunto Jardim Tropical, no bairro Flores. Por volta das 19h30 do sábado, ele teria recebido uma ligação no celular para um encontro na avenida Prosamin da Alvorada.

A vítima saiu para atender ao chamado acompanhado por um vizinho, mas quando chegou ao local foi recebido a tiros. Um dos disparos atingiu a sua cabeça, mas Thiêgo ainda foi levado com vida para o Hospitaç Pronto-socorro Dr. João Lúcio, na Zona Leste, mas não resistiu e morreu. O autor dos disparos fugiu depois de cometer o crime e ainda até a publicação desta matéroa tinha sido identificado.

Segundo o site do Tribunal de Justiça  do Amazonas (TJAM), Thiêgo responde um processo criminal por tráfico. Em novembro de 2012, ele e um outro homem foram presos em flagrante pela Força-Tática por suspeita de envolvimento com o tráfico de drogas. Ele ainda não havia sido julgado. A Dehs vai investigar o caso.

*Com informações da repórter Joana Queiroz