Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Mulher vítima de atropelamento na Zona Oeste segue internada em estado grave

Maísa Sousa da Silva teve a perna esquerda amputada e corre o risco de perder parte do membro inferior direito. O responsável pelo acidente, Manoel Pinheiro, também está em observação no Hospital 28 de Agosto, porém escoltado por policiais

Maísa segue internada em estado grave na UTI do Hospital 28 de Agosto

Maísa segue internada em estado grave na UTI do Hospital 28 de Agosto (Reprodução/Facebook)

Maísa Sousa da Silva, 32, atropelada na última segunda-feira (6) pelo autônomo Manoel Pinheiro Neto, 26, em um suposto “racha” na avenida Coronel Teixeira (antiga estrada da Ponta Negra), Zona Oeste de Manaus, segue internada na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) do Hospital e Pronto Socorro 28 de Agosto. Na ocasião, o homem possuía sinais de embriaguez e foi autuado em flagrante por tentativa de homicídio.

De acordo com o hospital, Maísa encontra-se entubada em estado grave sob a análise de médicos. Por conta da gravidade do acidente, a perna esquerda de Maísa teve que ser amputada. O hospital também informou que ela corre o risco de perder parte da perna direita. A industriária Ana Cláudia Alves, 20, que estava no carro com Manoel, teve ferimentos leves e recebeu alta.

O acusado, Manoel Pinheiro, também está em observação no Hospital, porém escoltado por policiais. A equipe médica responsável pelo autônomo aguarda a evolução do quadro para analisar a possibilidade de realizar cirurgia, visto que o indivíduo fraturou a perna direita no acidente.

O acidente ocorreu por volta de 1h30 da última segunda-feira (6). De acordo com o delegado titular do 8º Distrito Integrado de Polícia (DIP), George Gomes, o suspeito confirmou ter consumido bebida alcoólica, entretanto negou estar participando de um “racha” na via. Manoel estava dirigindo um veículo modelo Siena, cor vermelha, de placas OAM-3528.

“Ele disse que estava em uma balada com amigos e que teria tomado somente duas doses de Whisky. Ele informou que no momento do acidente estava a 90 quilômetros por hora, perdeu a direção e atropelou a vítima”, contou Gomes.

A adolescente Cleocimara Barroso, 16, estava acompanhada da vítima na ocasião. Ela confirmou que existiam dois carros em alta velocidade e que no momento do acidente, Maísa teria a empurrado no chão, sendo atingida em seguida.

O delegado informou que Manoel já foi condenado por outro crime de trânsito. Assim que receber alta médica, o acusado deve ser encaminhado à Cadeia Pública Raimundo Vidal Pessoa.