Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Mulher é estuprada no ramal do Pau Rosa, na rodovia BR-174, e o amante dela acaba preso

O criminoso, conhecido como ‘Kinho’, é ex-presidiário e seria traficante; vítima só denunciou o estupro no dia seguinte

Ramal do Pau Rosa, onde aconteceu o crime

Ramal do Pau Rosa, onde aconteceu o crime (Arquivo AC)

Francisco Oliveira de Souza, 21, “Kinho”, e José Luiz Fernandes Camelo, 30, foram indiciados neste domingo (2) no 19º Distrito Integrado de Polícia por terem ameaçado, disparado tiros de arma de fogo e sequestrado uma mulher de 19 anos, que seria amante de “Kinho” e ainda teria sido estuprada por um amigo dele, o Emerson.

 Na noite de sábado (1), “Kinho”, José Luiz, Emerson e mais cinco homens chegaram embriagados à casa da vítima, no ramal do Pau Rosa, que fica no Km 21 da BR-174, ameaçaram a moça e a família dela, disseram que matariam todos, atiraram duas vezes e levaram a vítima para uma festa em um bar ainda dentro do ramal.

A vítima é amante de “Kinho”, que é apontado como traficante da área e teria saído recentemente da prisão onde cumpria pena por tráfico de drogas. Em certo momento, “Kinho” teria mandado Everton deixar a vítima em casa e, nesse momento, por volta das 23h30, ela teria sido estuprada. A moça só ligou para a polícia na manhã de domingo.

Policiais da 20ª Companhia Interativa Comunitária foram acionados e conseguiram prender “Kinho” e José Luiz em uma casa dentro do ramal. “Kinho” foi indiciado por constrangimento ilegal, disparo de arma de fogo e sequestro, e seguirá para a cadeia pública de Manaus. José Luiz foi autuado por constrangimento ilegal e responderá pelo crime em liberdade.

A vítima do estupro prestou depoimento no 19º DIP e será levada para fazer exames de perícia no Instituto Médico Legal (IML). O caso de estupro será investigado e Emerson, o suspeito do crime de violência sexual, está sendo procurado.