Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Garota morre por overdose e namorado invade velório para matar sogro, em Manaus

Igor Gabriel de Araújo Melo, 19, invadiu o velório da moça nesta segunda (24) com o objetivo de ver o corpo da garota e tentar matar o pai dela

O caso foi registrado no 3° DIP

Após a confusão no velório da namorada, Igor foi preso e levado para o 3º DIP (Márcio Melo)

Depois de passar o final de semana consumindo drogas e ter sua namorada, uma adolescente de 14 anos, morta por overdose, Igor Gabriel de Araújo Melo, 19, invadiu o velório da moça nesta segunda (24) com o objetivo de ver o corpo da garota e tentar matar o pai dela, Alberto da Costa Valença. O velório ocorreu em uma igreja na rua C7, Japiim 2, Zona Sul.

De acordo o pai, depois de a filha passar dois dias na casa Igor Gabriel sem dar notícias, ele, preocupado, foi à casa do rapaz no domingo (23), localizada numa vila na rua C2, no mesmo bairro, para chamar a adolescente para almoçar. Alberto Valença abriu a porta da quitinete e percebeu que a jovem estava muito fraca e bastante debilitada.

“Eu bati na porta, mas como ninguém abriu, eu entrei e vi minha filha deitada na cama com ele (Igor Gabriel). Eu a acordei e a chamei para ir almoçar lá em casa. Foi quando o namorado dela levantou e pegou uma marreta para me acertar”, contou Alberto, ao acrescentar que só não foi agredido porque alguns vizinhos o prenderam em outra quitinete.

Na hora da briga, a adolescente chegou a cair e bater com a cabeça no chão. Desesperado, o pai pulou a janela da residência para socorrer a filha e a levou ao Serviço de Pronto Atendimento (SAP) do Coroado, na Zona Leste, onde morreu horas depois.

Invasão

Ainda sob o efeito de entorpecentes, Igor Gabriel quis entrar no templo onde acontecia o velório, causando confusão e correria. Vizinhos informaram que antes de ir à igreja, Igor foi até a casa da namorada, na rua Anita Malfate (antiga C5) para ameaçar de morte a família dela.

Assustados, os parentes que estavam na residência pularam o muro e outros entraram na casa ao lado para se esconderem de Igor, pois ele estava transtornado. O pai da adolescente e os tios também foram agredidos por Igor Gabriel.

Algumas pessoas, colegas da vítima, presenciaram o ocorrido e se armaram de pedaços de pau para agredir o rapaz, que acabou fugindo. A família acionou a Polícia Militar e os policiais da 3ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom) conseguiram efetuar a prisão dele na rua Manaus 2000, no Japiim.

Igor ainda tentou resistir à prisão, mas acabou detido e encaminhado ao 3º DIP, no Petrópolis, Zona Sul. Segundo o delegado plantonista, Arnon Queiroz, Igor Gabriel será autuado pelo crime de lesão corporal e resistência à prisão. O jovem será levado amanhã para a Cadeira Pública Raimundo Vidal Pessoa, no Centro, onde ficará à disposição da justiça.       

Perícia

O laudo do Instituto Médico Legal (IML) confirmou a morte da adolescente por overdose. Ela era estudante do 9º do Ensino Fundamental e, segundo informações do pai, namorava Igor Gabriel há aproximadamente um mês. O relacionamento era consentido pelos pais, pois o namorado garantiu que havia largado as drogas.